Curiosidades / Pontos Turísticos

Quais são os principais sítios arqueológicos do Brasil?

ago, 24

Um sítio arqueológico é um local onde é possível encontrar evidências de atividades humanas, tais como pinturas rupestres, construções antigas, túmulos e artefatos que simbolizam e representam determinado momento histórico da região. Existem sítios arqueológicos em todas as partes do mundo e no Brasil não é diferente.

Principais sítios arqueológicos do Brasil

Parque Nacional da Serra da Capivara — São Raimundo Nonato (Piauí)

O Parque Nacional da Serra da Capivara é a área de maior concentração de sítios arqueológicos do continente americano, além de conter a maior quantidade de pinturas rupestres do mundo. Os artefatos encontrados no local apresentam vestígios de ter mais de 50 mil anos de idade.

flickr.com / Marco Del Fiol Estas gravuras no Parque Nacional da Serra da Capivara são um dos símbolos do local e elas possuem 10 mil anos de diferença.

Parque Nacional do Catimbau — Buíque, Tupanatinga e Ibimirim (Pernambuco)

O Parque Nacional do Catimbau abriga 30 sítios arqueológicos, sendo o segundo maior parque arqueológico do Brasil. Contém diversas pinturas rupestres, com diferentes técnicas e estilos de pintura.

flickr.com / A. Duarte As pinturas rupestres no Parque Nacional do Catimbau foram feitas por distintos grupos étnicos de épocas diferentes.

Parque Arqueológico do Solstício — Calçoene (Amapá)

Além de pinturas rupestres, o Parque Arqueológico do Solstício abriga um curioso círculo megalítico constituído por 127 rochas dispostas em formato circular, no topo de uma colina. Estima-se que esse círculo tenha entre 500 e 2 mil anos.

Reprodução / Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá Por suas dimensões, esse monumento megalítico, no Parque Arqueológico do Solstício, poderia ser um observatório astronômico e centro ritualístico.

Sítio Arqueológico Pedra Pintada — Pacaraima (Roraima)

Contém diversos itens da pré-história brasileira, como pinturas rupestres, pedaços de cerâmica, ferramentas e outros artefatos. Abriga, ainda, diversas cavernas funerárias.

Reprodução / Qual Viagem Nas paredes externas do monólito de granito, no Sítio Arqueológico Pedra Pintada, existem pinturas rupestres vermelhas que até hoje são consideradas um enigma para os cientistas.

Sítio Arqueológico São João Batista — Entre-Ijuís (Rio Grande do Sul)

Guarda ruínas remanescentes da época das missões jesuítas, abrigando restos da estrutura de um cemitério, igreja e colégio, além de estradas e barragens históricas.

flickr.com / Renato Alves da Costa A Redução Jesuítico-Guarani de São João Batista, também conhecida como um dos Sete Povos das Missões, foi fundada em 1697 e teve fim em meados de 1750.

Sítio Arqueológico do Lajedo de Soledade — Apodi (Rio Grande do Norte)

Quase todos os trabalhos realizados neste sítio arqueológico são direcionados para estudo de pinturas rupestres dos povos que viviam nesta região.

flickr.com / Allan Patrick O Sítio Arqueológico do Lajedo de Soledade contém arte rupestre e fósseis da Era Glacial e dos primeiros habitantes do estado.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *