Ecoturismo

Conheça a história da Estrada Real e as atrações em seu roteiro

jul, 18

Considerado um dos passeios mais interessantes do Brasil, a rota da Estrada Real pode ser feita de carro, bicicleta, cavalo e até andando. Com 1.600 quilômetros de extensão, este roteiro passa por 162 municípios de Minas Gerais, além de oito no Rio de Janeiro e sete em São Paulo.

Os caminhos dessa estrada levam o turista a diversas cachoeiras e trilhas de paisagem incrível, que mostram um pouco da história do Brasil por meio de rotas que serviam para transportar ouro e diamante durante o século XVII.

facebook.com / Instituto Estrada Real O percurso pela Estrada Real pode ser feito de bicicleta, carro, a pé ou até mesmo a cavalo.

Cercado de montanhas e muita cultura, a Estrada Real é formada por quatro caminhos. São eles:

– “Caminho Velho”: primeiro trajeto a ser criado pela coroa portuguesa, ligando Ouro Preto a Parati;

– “Caminho Novo”: criado para servir como um trajeto mais seguro ao porto do Rio de Janeiro;

– “Caminho dos Diamantes”: aberto no final do século XVII, para conectar a sede da Capitania em Ouro Preto até a principal cidade de exploração de diamante, Diamantina;

– “Caminho Sabarabuçu”: pequeno trecho que parte de Ouro Preto em direção a Cocais, explorado no início do século XVIII, quando foi descoberta a reluzente Serra da Piedade.

Atrações da Estrada Real

Ao passar por esses quatro caminhos, os turistas vão encontrar diversas atrações turísticas impressionantes. A primeira delas é o Parque Estadual do Ibitipoca, um dos melhores pontos de ecoturismo de Minas Gerais região. Com cavernas, grutas, piscinas naturais e trilhas, o local é a porta de entrada para uma das mais belas reservas naturais do país.

flickr.com / Fernando Souza Esta, que é uma das reservas naturais do país, possui piscinas naturais, grutas, cavernas e trilhas.

Para quem deseja acrescentar emoção à viagem, o Parque Nacional da Serra do Cipó é um ótimo local. Localizado na Serra do Espinhaço, o local possui belíssimas cachoeiras e paredões que permitem atividades como rafting, montanhismo, mountain bike e trekking.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *