Antes de Viajar / Dicas de Viagem

Vacinação para viagem internacional: saiba quais são os países que exigem vacina de febre amarela

out, 16

flickr.com / U.S Army Corps of Engineers Europe District O comprovante de vacinação contra febre amarela é uma norma padrão de segurança que alguns países exigem.

Pensando em viajar para o exterior? Além de se preocupar com o passaporte, visto, bagagem e outros detalhes, é preciso saber se o país de destino exige comprovante de vacinação contra febre amarela. A medida é um padrão de segurança que determinados países estabelecem quando recebem turistas oriundos de regiões com um histórico de problemas relacionados à doença. Veja a relação de alguns países que exigem vacinação para viagem internacional:

Você pode conferir uma lista completa dos países que exigem vacina de febre amarela no portal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Nestes países, o turista brasileiro precisa apresentar um Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). O documento é essencial, e o país de destino pode impedir o desembarque de passageiros procedentes de localidades com elevado risco de contaminação por febre amarela, como no caso do Brasil. Por isso, vale a pena conhecer todos os procedimentos necessários para a emissão do CIVP.

Ao todo, são 88 centros de orientação de viajantes localizados em todo o território nacional, sendo 65 administrados pela Anvisa, 18 pelo Sistema Único de Saúde – SUS, e outras cinco no escopo do setor privado. Vale a pena consultar com antecedência se na cidade onde reside, ou em municípios próximos, se existe um centro autorizado a emitir o CIVP.

No centro de orientação, o turista deve apresentar um comprovante de vacinação contra febre amarela e também um documento de identificação oficial com foto, como RG ou carteira de habilitação. Menores de idade que pretendem viajar para países que exigem vacina de febre amarela, precisam ir até o Centro de Orientação de Viajantes acompanhados dos pais ou responsáveis e ter em mãos a certidão de nascimento.

Importante ressaltar que no comprovante de vacinação é preciso ter o nome, lote completo da vacina, fabricante e data da vacinação. Também é preciso constar assinatura e nome do vacinador, assim como identificação da unidade onde ocorreu a vacina. Vale lembrar, ainda, que a vacina deve ser aplicada pelo menos dez dias antes do embarque.

 

 

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *