http://Logo%20Adventure%20Club Adventure Club
+55 11 4750-2537
Blog / Ecoturismo

Desvendando o roteiro de Volta ao Parque Chapada Diamantina

set, 15

Quem sonha em conhecer a Chapada Diamantina, e começa a estudar os roteiros, logo percebe que para visitar todos os pontos turísticos da região serão precisos muitos dias, o que pode ser difícil em uma única viagem. Mas isso não é problema, porque com tantos vales, grutas, cachoeiras, rios de água cristalina e poços azuis, você irá querer repetir esse destino com certeza.

Porém, para aproveitar ao máximo tudo que puder em uma única viagem, o roteiro Volta ao Parque Chapada Diamantina é o mais indicado – e procurado – por contemplar os principais atrativos da região, passando por diferentes municípios: Lençóis, Mucugê, Ibicoara e Andaraí. De norte a sul, esse roteiro é uma maneira prática e rápida de conhecer diversas e paradisíacas atrações.

Volta ao Parque Chapada Diamantina com a Adventure Club

1º Dia: Origem | Salvador | Lençóis | Morro do Pai Inácio
Apresentação no aeroporto de origem para embarque com destino a Salvador. Chegada e embarque com destino a Lençóis – opção terrestre (ônibus) ou aérea.

A viagem já começa super especial, pois logo no primeiro dia saímos para contemplar o pôr do sol em cima do Morro do Pai Inácio, um dos cartões postais da Chapada Diamantina e um dos passeios mais procurados de toda a Chapada.

De lá do alto, aos 1120 metros de altitude, é possível apreciar as principais formações do parque, como o Morro do Camelo, o Morrão e o Três Irmãos, além de toda a beleza e imensidão da região.

2° Dia: Rio Mucugezinho | Gruta Azul | Gruta da Pratinha | Gruta da Lapa Doce
As atrações do segundo dia ficam por conta das famosas grutas da região: primeiramente Gruta Azul e Gruta da Pratinha, onde iremos tomar um relaxante banho em lagoa de águas cristalinas, e depois Gruta da Lapa Doce, com suas belíssimas formações de estalactites – formações rochosas que se originam no teto de uma gruta na forma de cones pontiagudos.

3° Dia: Cachoeira da Fumaça
Com seus impressionantes 380 metros de queda livre, a Cachoeira da Fumaça é a segunda maior cachoeira do Brasil e o ponto a ser visitado no terceiro dia. Após muitas fotos do alto da cachoeira, de onde há uma vista privilegiada do Vale do Capão, aproveitaremos um refrescante banho de rio e depois seguiremos para o povoado do Guiné, onde passaremos a noite.

4° Dia: Mirante do Vale do Pati
Começaremos o dia com traslado até o Beco do Guiné, onde iniciaremos um dos mais belos trekkings do Parque Nacional. Durante o percurso, caminharemos pelos Gerais do Vieira, onde teremos a oportunidade de avistar o Vale do Pati, que é considerado um dos mais belos vales do Brasil. Ao final da caminhada, seguiremos para Mucugê, onde passaremos a noite.

5° Dia: Cachoeira do Buracão
Neste dia, sairemos rumo ao município de Ibicoara, extremo sul do Parque Nacional, para conhecer um dos mais belos locais da Chapada. Com 100 metros de queda em forma circular e um impressionante cânion sinuoso, a Cachoeira do Buracão é um dos atrativos que mais impressionam os visitantes. Em 6 km de caminhada ida e volta, faremos a visita por baixo e por cima da cachoeira e, depois de banhos com hidromassagens, seguiremos para a pitoresca e agradável Vila de Igatu, cidade pré-colombiana, situada no mesmo paralelo de Machu Picchu, localizada no município de Andaraí.

6° Dia: Poço Encantado | Poço Azul
Para o sexto dia de viagem, visita ao Poço Encantado, uma linda gruta de águas cor azul turquesa onde a incidência dos raios solares traz um efeito espetacular, um show à parte, e ao Poço Azul, onde faremos um surfacing com máscaras para poder observar as águas cristalinas do poço, em que a visibilidade chega a 18 metros de profundidade.

7° Dia: Marimbus | Rio Roncador
Começaremos o dia rumo a Remanso, um povoado remanescente de um quilombo. Embarcaremos em canoas para um passeio de aproximadamente 2 horas pela região conhecida como Marimbus, o mini pantanal da Chapada Diamantina. Ao final, tomaremos um banho de rio nas corredeiras do Rio Roncador e teremos um delicioso almoço típico na casa do Duval. Em seguida, traslado para Lençóis, onde passaremos a noite.

8° Dia: Lençóis | Salvador | Origem
Manhã livre e posteriormente, em horário combinado, transfer para a rodoviária ou aeroporto.

Quer já começar a planejar sua Volta ao Parque na Chapada Diamantina?
Então nada melhor do que contar com uma equipe especialista em destinos de natureza, não é?
Clique aqui para saber mais sobre o nosso roteiro e tirar todas as suas dúvidas!

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Você também pode gostar de ler

    O Pantanal pede socorro

    Onças-pintadas lutam para sobreviver Apesar de terem sido extintas em diversas áreas do território brasileiro, as...

    Fale por Whatsapp