Adventure Club
+55 11 5573-4142
Blog / Experiências

Jalapão ou Chapada Diamantina: conheça os destinos e suas peculiaridades

jul, 23

Dois destinos brasileiros muito procurados são Jalapão, no Tocantins, e Chapada Diamantina, na Bahia. São tantas atrações, atividades e belezas naturais em cada um deles, que muita gente acaba ficando em dúvida de qual escolher. Então, que tal conferir algumas informações e dicas desses lugares para decidir o próximo roteiro? 

Jalapão ou Chapada Diamantina? Já adiantamos: ambos são incríveis!

Dunas no Jalapão Galeria

Jalapão

O Jalapão é um dos destinos de ecoturismo mais visitados do Brasil. Também, não teria como ser diferente! Suas paisagens espetaculares são um presente para aqueles que amam estar em contato com a natureza. 

Localizado na divisa com a Bahia, o Maranhão e o Piauí, seus cenários se mesclam entre rios, cachoeiras e fervedouros, além de dunas, serras, chapadas e formações rochosas únicas. Cenários, esses, propícios para uma grande diversidade de fauna e flora.  

E o que é ainda melhor: tudo permanece quase que em seu estado original, já que, devido à distância e ao acesso complicado, o destino se mantém isolado e preservado.

Para que a região se mantenha assim, ela está inserida em diversas unidades de preservação, como o Parque Estadual do Jalapão, o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba, a Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins, a Área de Preservação Ambiental (APA) Serra da Tabatinga e a Área de Proteção Ambiental (APA) Jalapão.

O que fazer no Jalapão?

A região do Jalapão abriga diversos atrativos, entre eles: as dunas, cartão-postal do Jalapão, formadas por areias finas e alaranjadas que chegam a 40 metros de altura; cânions e grutas com nascentes d’água, onde é possível praticar rapel e canionismo; inúmeras cachoeiras, como a Cachoeira da Formiga, queda que forma uma piscina natural de águas cristalinas e cor verde-esmeralda; o Vilarejo de Mumbuca, moradia da maioria dos descendentes de escravos que vivem por lá e onde surgiu a tradição do artesanato com capim dourado; e os famosos fervedouros, nascentes onde a água brota com tanta força do subsolo que faz com que o corpo não afunde.

Mulher em Fervedouro

Qual é o clima no Jalapão?

A melhor época para visitar o Jalapão é o ano inteiro, já que o clima na região é quase sempre quente. Mas é importante saber que, assim como em todos os outros municípios do Tocantins, existem duas estações bem definidas: a época das chuvas e a época da seca. 

O período chuvoso vai de dezembro a março, época de chuvas em todo o Brasil, e é ideal para quem deseja curtir as praias fluviais. Nessa época, o clima fica um pouco mais ameno, e a vegetação mais verde. Já aqueles que preferem praticar atividades de aventura como o rafting, o período da seca, que vai de maio a setembro, com pouca ou nenhuma incidência de chuvas, é perfeito. 

Como chegar ao Jalapão?

A principal porta de entrada ao parque do Jalapão é o município de Ponte Alta do Tocantins, localizado a menos de 200 quilômetros de Palmas, a capital do estado, e de onde chegam os voos e ônibus. 

Entretanto, a maioria dos atrativos ficam em Mateiros e, para chegar lá, é necessário dirigir mais 160 quilômetros por estradas de terra a partir de Ponte Alta. Além disso, os atrativos se encontram em locais diferentes, então será preciso se deslocar de carro entre um e outro para aproveitar a região por completo. 

Como se trata de um destino com atrações de difícil acesso, o ideal é contar com o suporte de uma agência de viagens especialista no assunto. 

Quer conhecer esse destino espetacular? Fale com um dos nossos consultores! 

Viagem para a Chapada Diamantina Galeria

Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é protegida por um importante e extenso parque nacional. São mais de 150 mil hectares, abrangendo seis municípios – Andaraí, Lençóis, Mucugê, Palmeiras, Ibicoara e Itaetê. 

Esse é um dos mais fascinantes parques naturais brasileiros, com uma variedade de ecossistemas como Cerrado, Mata Atlântica, Campos Rupestres e Caatinga. Opções de atividades também não ficam para trás, muito pelo contrário: são milhares de experiências diferentes que é possível vivenciar na Chapada Diamantina.

O que fazer na Chapada Diamantina?

Das imponentes cachoeiras à riqueza da sua fauna e flora, é quase impossível conhecer todas as atrações da Chapada Diamantina em uma só viagem, a não ser que você tenha muitos dias por lá. Mas algumas delas não podem ficar de fora da sua programação de jeito algum! Quer saber quais são?

Cachoeira da Fumaça, a segunda maior do Brasil, com quase 400 metros de altura; Cachoeira do Buracão e da Fumacinha; Morro do Pai Inácio, cartão-postal da Chapada, que descortina a vista mais privilegiada de toda a Chapada; os poços Azul e Encantado, com águas cristalinas e tons azuis-turquesas; Serra das Paridas, um complexo arqueológico de 18 sítios arqueológicos com pinturas rupestres de milhares de anos; e o Vale do Pati, considerado um dos trekkings mais incríveis da América do Sul, para os mais aventureiros.

Cachoeira da Fumaça Chapada Diamantina Galeria

Qual é o clima na Chapada Diamantina?

A Chapada Diamantina tem um clima bem diferente do restante da Bahia por conta da sua altitude e por abrigar muitas áreas verdes e nascentes d’água. Por estar localizada em um ambiente úmido, as chuvas torrenciais podem ocorrer tanto no verão (de dezembro a março), quanto no inverno (de junho a setembro). 

Duas estações são bem definidas: a época quente e úmida, que vai de novembro a abril, em que o volume dos rios e dos poços das cachoeiras fica mais alto — período indicado para a prática de mergulho e banhos energizantes —, e período seco, que ocorre de maio a outubro, indicado para a prática de rafting. É nessa época, mais especificamente entre abril e setembro, que o raio de luz entra no Poço Encantado, uma das grandes atrações locais.

Como chegar à Chapada Diamantina?

A principal porta de entrada à Chapada Diamantina é a cidade de Lençóis, onde se encontra a maioria dos hotéis e das pousadas da região. Para quem deseja fazer uma viagem completa, a melhor forma de conhecer as atrações é com o roteiro conhecido como Volta ao Parque, que percorre a Chapada de norte a sul em oito dias. As pernoites são feitas em Mucugê, Vale do Capão, Lençóis e Igatu.

Devido à dimensão da Chapada Diamantina e às grandes distâncias entre os seus principais atrativos, programar essa viagem requer uma atenção especial! 

Quer conhecer a Chapada Diamantina? Conte com os especialistas da Adventure Club! 


E, então, Jalapão ou Chapada Diamantina?

Outras dicas que podem te ajudar!

– Em termos de infraestrutura, o Jalapão é mais simples. A Chapada Diamantina conta com cidades mais bem estruturadas turisticamente.

– Para conhecer o Jalapão, cinco dias são suficientes; enquanto que para explorar bem a Chapada Diamantina o ideal é pelo menos sete dias. 

– O Jalapão não é um destino que exige condicionamento físico, pois pode ser feito totalmente de carro. Já a programação da Chapada Diamantina exige muita caminhada! 

Decida qual será a sua próxima viagem, mas não deixe de conhecer os dois destinos. Tanto o Jalapão quanto a Chapada Diamantina têm paisagens de tirar o fôlego! 

Grupos Exclusivos com a Adventure Club



Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Você também pode gostar de ler

    Fale por Whatsapp

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.