http://Logo%20Adventure%20Club Adventure Club
+55 11 4750-2537
Dicas de Viagem / Pontos Turísticos

O que é o Caminho dos Incas?

nov, 11
Machu Picchu vista de cima, caminho Inca

Tombado pela Unesco em 1983, Machu Picchu, também conhecida como Cidade Sagrada dos Incas, figura como um dos destinos mais importantes e cobiçados da América do Sul.

Chamada de Caminho dos Incas, a rota que liga a cidade peruana de Cusco à Machu Picchu é considerada uma das peregrinações mais sagradas do mundo — além de ser o trekking mais famoso da América do Sul. Trata-se de um extenso sistema de caminhos, por onde é possível explorar a cultura dos Incas e admirar esta misteriosa e complexa civilização.

O percurso, em sua totalidade, apresenta diferentes níveis de dificuldade, sendo que a região de Warmihuañusca (4.200 metros de altura) é a mais desafiadora e exige um pouco mais de preparo físico. Neste ponto, devido à natural falta de oxigênio, é preciso dosar bem o esforço e ter consciência de até onde é possível chegar sem problemas. Guias locais indicam, ainda, o uso de folhas/chá de coca e outras pastilhas medicinais para tentar driblar os problemas causados pela altitude.

Placa informando a altitude de Warmiwanusqa, caminho Inca.

Warmiwanusqa é o mais alto ponto da trilha Inca.

Explorando o Caminho dos Incas

Durante o Império Inca, todos os caminhos da América do Sul se direcionavam a Cusco, a principal metrópole da região na época. A rede de estradas que compõem os Caminhos Incas era usada pelos espanhóis para chegar à Bolívia, ao Chile e a algumas regiões da Argentina.

Estudiosos estimam que os Incas tenham criado mais de 40 mil quilômetros de estradas, incluindo também territórios da Colômbia e Equador. Apesar da grandiosidade destes caminhos, o trecho mais famoso é o Chapaq Ñan, justamente o que desemboca em Machu Picchu.

Turistas andando na Trilha Inca.

O caminho possui uma rota em que se ligam muitos ecossistemas e uma sequência de monumentos arquitetônicos Incas.

Melhor época para percorrer o Caminho dos Incas

A estação da seca é a melhor época para explorar as trilhas Incas. Entre abril e outubro a quantidade de chuvas diminui na região e possibilita o passeio com total segurança. Entre junho e agosto ocorre a alta temporada e em setembro e outubro o número de turistas diminui e os passeios ficam mais tranquilos. É aconselhável reservar seu passeio com antecedência de três semanas para baixa temporada e de até três meses para alta temporada.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Uma palavra amiga faz bem

Recebemos as mais lindas mensagens de apoio e isso me gerou uma reflexão muito forte sobre como o atual cenário nos...

Fale por Whatsapp