Dicas de Viagem

Melhores ilhas para visitar no Caribe

jan, 26

O Caribe dispensa apresentações: basta mencionar o local para que, imediatamente, as pessoas imaginem águas claras e calmas, cercadas por areias brancas e vegetação verde. A região, também conhecida como “Antilhas”, é banhada pelo mar do Caribe e abrange diversos países e ilhas. Com tantos possíveis destinos a serem visitados, algumas merecem destaque:

flickr.com / Higor de Padua Vieira Neto Sinônimo de águas claras e calmas, cercadas por areias brancas e vegetação verde, o Caribe é formado por diversos países e ilhas.

Turks e Caicos

Território britânico dependente do Reino Unido, as ilhas Turks e Caicos encontram-se ao norte do Haiti e da República Dominicana. As ilhas Caicos, maiores, e as ilhas Turcas, menores, são pouco habitadas (cerca de 31.500 habitantes no total) e conhecidas principalmente pelo turismo. A 90 minutos de voo de Miami, são muito frequentadas por milionários que buscam as belezas naturais e os serviços exclusivos dos resorts.

Aruba

A 20 minutos da costa da Venezuela, Aruba tem paisagens deslumbrantes e muita agitação: há cassinos, lojas de grife, casas noturnas animadas e campos de golfe que lembram a atmosfera de Miami. Com colonização holandesa, a ilha possui uma mistura da cultura do Caribe, Holanda e África.

Curaçao

Menos badalada, Curaçao possui grandes resorts, beach clubs e cassinos, mas com clima menos turístico que Aruba. O país é o maior e mais industrializado das Antilhas Holandesas, preservando a colorida arquitetura da época da colonização. Além das praias, há atrações como a sinagoga mais antiga da América, o Mercado Flutuante e um museu que trata da escravidão.

flickr.com / Matthew T Rader Pouco badalada, Curaçao é o maior e mais industrializado país das Antilhas Holandesas.

Ilhas Britânicas Virgens

Localizadas a leste de Porto Rico e menos agitadas que as ilhas acima, as Ilhas Britânicas Virgens faziam parte da antiga rota de piratas como Barba Negra e são o berço da mais antiga destilaria de rum em funcionamento no Caribe. Considerado um dos melhores destinos caribenhos para praticar mergulho, o local também é conhecido como “capital mundial da navegação” e “capital mundial da vela”. Como está na rota dos furacões, deve ser evitado entre julho e novembro.

St. Barthelemy

A duas horas de avião de Miami, ou a 45 minutos de barco desde Porto Rico, Saint-Barthélemy é queridinha de famosos como Beyoncé, Kate Moss e Cristiano Ronaldo. E não à toa: os frequentadores são atraídos pela beleza do Caribe e sofisticação francesa, reunidas nos 21 km quadrados da ilha. Ex-colônia sueca que passou para o domínio francês, “St. Barth” possui restaurantes franceses, arquitetura de traços europeus e muitas mansões e hotéis de luxo.

St. Lucia

Dizem que é daqui que se tem a mais bela vista do Caribe, por conta das montanhas de origem vulcânica Gros Piton e Petit Piton. Próxima à Martinica e a Barbados, a ilha possui influência francesa e inglesa e oferece muitos atrativos turísticos. Além de mergulhar no mar, é possível explorar as montanhas, tomar banho de cachoeira, banho de lama em águas termais, fazer o tour do rum, conhecer uma fábrica de chocolate, descer de tirolesa, além de outras inúmeras possibilidades.

flickr.com / …your local connection De origem vulcânica, a montanha de Petit Piton compõe uma das mais belas vistas do Caribe.

Jamaica

Terra de Bob Marley, a Jamaica foi descrita por Cristovão Colombo como “a ilha mais bonita que meus olhos já viram”. Berço do reggae e conhecida pela filosofia rastafári, a Jamaica tem como locais mais famosos  Montego Bay, Ocho Rios, Negril e a capital Kingston. Cada lugar encanta por razões diferentes. Entre agosto e outubro há possibilidade de furacões e, por isso, recomenda-se evitar viajar nesta época. No começo de agosto, porém, costumam acontecer grandes festivais de reggae, que atraem muitos visitantes.

flickr.com / Chris Ford Terra de Bob Marley e berço do reggae, a Jamaica foi descrita por Cristovão Colombo como “a ilha mais bonita que meus olhos já viram”.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *