Dicas de Viagem

Dicas para conhecer a Serra da Capivara

fev, 07


O Parque Nacional da Serra da Capivara, localizado no Piauí, é considerado, nada mais, nada menos, como a área arqueológica de maior relevância de todo o Brasil.

Segundo pesquisadores, estudos mais atuais apontam que a Serra da Capivara foi um dos berços do homem americano, sendo essa uma das principais razões, juntamente com seu meio ambiente bastante característico, pelo qual a Unesco inscreveu a Serra da Capivara como um Patrimônio Cultural da Humanidade.

Flickr.com / Guilherme Jófili O Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, é considerado, nada mais, nada menos, como a área arqueológica de maior importância do país.

O Parque é formado por quatro serras, e tem como maior cartão postal o sítio Boqueirão da Pedra Furada, local de acesso bastante fácil e que concentra cerca de mil pinturas rupestres.

Para os turistas, muitas são as opções de pontos turísticos para se conhecer na Serra da Capivara, todas, vale ressaltar, dotadas de belezas naturais de encher os olhos, com seus  enormes paredões repletos de curvas singulares.

Flickr.com / Guilherme Jófili O Parque é formado por quatro magníficas serras que enchem os olhos de qualquer visitante.

Pontos e passeios em destaque:

  •  Boqueirão da Pedra Furada:

Local que concentra os vestígios mais antigos da presença humana nas Américas. Pinturas, utensílios e até fogueiras estruturadas de mais de 60.000 anos podem ser visualizadas.

  •  Baixão das Andorinhas:

Trata-se de um enorme desfiladeiro, dotado de uma beleza incrível, cenário perfeito para se assistir, no período da tarde, ao belo espetáculo da natureza na volta de milhares de andorinhas para uma caverna.

  • Sítio do Meio:

Nesse ponto estão localizadas algumas das pinturas mais incríveis de toda a Serra da Capivara. Além disso, foi também no sítio do meio que paleontólogos encontraram artefatos e utensílios em pedra polida com mais de 9 anos de idade.

  • Desfiladeiro da Capivara:

Enormes paredões de rocha com 4km, muito similares aos cânions, compõem o visual dessa estreita estrada que comporta duas trilhas, uma leva ao Boqueirão do Paraguaio e a outra leva ao Circuito dos Veadinhos, local esse que também concentra pinturas rupestres.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *