Curiosidades

Descubra o que faz da Travessia de Serra Fina ser considerada a "mais difícil do Brasil"

jun, 27

flickr.com / Wilson Neves de Miranda Serra Fina abriga algumas cadeias de montanhas famosas especialmente por causa da dificuldade para atravessar.

Localizada na exuberante Serra da Mantiqueira — entre Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro —, a Serra Fina abriga algumas das mais importantes cadeias de montanhas do País, famosas especialmente por causa da dificuldade para atravessá-las. O nome “Serra Fina” é uma referência à largura estreita de seus caminhos que, em alguns pontos, não passam de um metro.

O que faz a travessia de Serra Fina ser considerada a “mais difícil do Brasil” é o desnível: a região apresenta os maiores desníveis topográficos de todo o Brasil, sempre acima dos 2.000 metros de altura. Além disso, a região abriga a famosa Pedra da Mina, um dos 100 pontos mais inóspitos do mundo, segundo a National Geographic.

Como é feita a Travessia da Serra Fina?

Encarar as subidas e descidas da Serra Fina é uma experiência incrível para quem pratica trekking, exigindo muito esforço do ecoturista. O ponto de partida é na cidade de Passa Quatro, em Minas Gerais, passando pelo Pico do Capim Amarelo (2.491 metros), pela Pedra da Mina (2.798 metros) e pelo belo Pico dos Três Estados (2.656 metros).

É essencial se preparar com antecedência para encarar a altitude e as variações de nível, além de estar devidamente equipado com os acessórios necessários para suportar a travessia com tranquilidade. Não se esqueça de organizar sua mochila de trekking da melhor maneira possível, sem se esquecer de levar barraca, saco para dormir, isolante térmico, calçado confortável, lanterna de cabeça, chapéu, cantil, protetor solar, óculos de sol, luva, gorro e capa de chuva.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *