Pontos Turísticos

Dicas de Réveillon: Machu Picchu

set, 18

Passar o réveillon em um lugar especial, como todos sabem, é a tônica para começar o ano com o pé direito. Agora, para fugir do tradicional roteiro de pular as sete ondinhas na praia, que tal se aventurar numa das mais belas, místicas e atraentes regiões de todo o mundo, como Machu Picchu?

Machu Picchu é um dos lugares mais belos e misteriosos do mundo. A “cidade perdida dos Incas”, como também é conhecida, é uma conservada cidade do período pré-colombiano, que se localiza no vale do rio Urubamba, a 2400 metros de altitude, e a 130 km de Cusco, no Peru.

Flickr.com / adventure.club1 Símbolo do Império Inca, Machu Picchu é conhecida por suas belas e impressionantes paisagens arquitetônicas.

Machu Picchu é também Patrimônio mundial da UNESCO, e nos revela, como poucas culturas já o fizeram, algumas das mais impressionantes capacidades arquitetônicas e paisagísticas já vistas.

Lugar símbolo do Império Inca, a cidade teve seu redescobrimento há apenas 102 anos, em 1911, e desde então é um dos roteiros turísticos mais procurados por turistas de todas as partes.

Flickr.com / adventure.club1 As caminhadas, visitação aos sítios arqueológicos e passeios a povoados são algumas das opções para os visitantes.


Toda essa fascinação que envolve Machu Picchu é facilmente entendida assim que se chega lá e se avista, por meio das construções e das ruínas presentes, toda a sabedoria, compreensão, conhecimento e tecnologia que detinha o povo Inca.

Na parte agrícola da cidade é possível compreender o ponto de desenvolvimento que o Império Inca chegou, visto o grande número de armazéns, terraços e demais espaços voltados à agricultura e as muitas formas de cultivo e cultura que desenvolveram e praticaram.

Já na parte urbana da cidade se vê todo o poderio arquitetônico dessa civilização, com seus inúmeros templos sagrados, praças e mausoléus reais, todos construídos com um nível de perfeição incrível.

Tudo isso aliado ao fator místico onipresente na região. Segundos estudiosos, a cidade foi construída por dois motivos: para ser um centro de observação astronômica e, também, um centro de culto para receber a passagem da divindade “Deus Sol”.

Flickr.com / adventure.club1 O ar místico que predomina na cidade ajuda a compor a beleza e o mistério do lugar.

Para os aventureiros e ecoturistas, as opções são muitas: trilhas espetaculares em meio às construções Incas, visitação a vários sítios arqueológicos, caminhadas e passeios a povoados, a fortes militares, a centros de estudo astronômicos, dentre muitos outros programas que, com toda a certeza, merecem ser visitados e apreciados, uma vez que conhecer a civilização Inca é conhecer também a nossa própria condição e capacidade humana.

Celebre a entrada do ano novo nesse lugar mágico. Veja nossos pacotes de viagem para Machu Picchu.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *