Curiosidades / Ecoturismo

Entenda as diferenças da diversidade da Fauna e Flora do Pantanal

mar, 17

Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera pela UNESCO, o Pantanal é um dos maiores biomas encontrados em todo o mundo. Com mais de 80% de área inundada nas cheias, o local é visto como um dos paraísos selvagens do País e encanta turista de todo o mundo por conta da diversidade ecológica, maior atrativo para a região.

iStock.com / SerengetiLion O Pantanal brasileiro possui uma riquíssima variedade de plantas e animais exóticos.

São mais de 200 mil quilômetros quadrados que escondem milhares de espécies de peixes, animais e plantas. Para te ajudar a entender melhor sobre o assunto, decidi falar sobre a diversidade da flora e fauna pantanense e suas diferenças.

No entanto, é preciso primeiro entender como a região é tão rica ecologicamente. O Pantanal fica situado na Bacia Hidrográfica do Alto Paraguai. Assim, ele e seus afluentes são os responsáveis por alagar boa parte da área, o que favorece a biodiversidade.

A flora do Pantanal

Ao todo, são mais de 6.656 aves espécies de aves, 98 de répteis, 53 de anfíbios, 325 de peixes e 159 de mamíferos já encontrados na região. O número torna o paraíso mato-grossense como um dos mais ricos de toda a América.

iStock.com / filipefrazao Por conta de sua rica biodiversidade, o Pantanal é um excelente local para a observação de pássaros.

Entre os animais possíveis de serem observados estão o tamanduá-bandeira, tatu, araras, capivaras, macaco-prego, lobo-guará, cervo do pantanal, lagartos, bicho-preguiça, tucanos, emas, tuiuiú, jacaré-do-papo amarelo, lobinho e peixes como pacu, curimbatá e o jaú (maior peixe do Pantanal).

Para pontuar a diferença da fauna da região, animais símbolo do bioma: sucuri, onça pintada e a piranha. A primeira é a uma das maiores serpentes do mundo e pode chegar a 9 metros de comprimento e pesar quase meia tonelada. Vivendo nas margens de rios, igarapés e lagos, ela se alimenta de peixes e pequenos animais.

istock.com/dickysingh Nos passeios de lancha pelo Pantanal, o turista vai poder observar jacarés, cervos, capivaras e tantos outros animais.

As piranhas são a única espécie que pode ser pescada na região durante todo o ano. Além disso, caçam em bando e podem sentir uma gota de sangue em mais de 200 litros de água. O normal é que se alimentam de outros peixes, mas também de carcaças e pequenos animais feridos.

A onça-pintada é o mamífero mais procurado por quem visita o Pantanal, única do gênero Panthera na América e maior felino do continente, ela pode chegar a dois metros da cauda a ponta do nariz e pesar mais de 150 quilos. De hábito noturno, se esconde dos visitantes que quando a encontram se sentem sortudos.

flickr.com / Cláudio Dias Timm Maior espécie do Pantanal, a Onça-Pintada tem sofrido com a ação de caçadores e fazendeiros que querem proteger seus rebanhos.

A Flora do Pantanal

A floral pantanense tem mais de 3.500 espécies de plantas terrestres e aquáticas catalogadas. São espécies do Chaco Boliviano, Cerrado e Amazônia como a figueira, angico, aroeira, palmeira e ipê.

Se você quer conhecer a beleza estonteante desse bioma, acesse a Adventure Club e encontre um roteiro feito especialmente para você.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *