Ecoturismo / Experiências

A caminho de Santiago de Compostela de bike

out, 17

O chamado Caminho de Santiago é uma rota de peregrinação religiosa que se estende pela Península Ibérica, no sudoeste da Europa, e leva até a cidade de Santiago de Compostela, onde se encontra o túmulo do apóstolo Tiago — também chamado de São Tiago Maior ou Santiago Maior.

© Depositphotos.com / lunamarina O Caminho de Santiago da Compostela é conhecido pelas pessoas que querem encontrar sua espiritualidade.

Segundo conta a tradição, após a morte de Jesus, o apóstolo Tiago viajou até a Hispânia para pregar a doutrina Cristã. Em seu retorno à Judeia, foi decapitado e seu corpo foi secretamente sepultado. O túmulo de Santiago foi descoberto no século 9, por um ermitão que teria sido guiado por uma estrela. A partir de então, fiéis de toda a Europa passaram a fazer romarias até o local.

Existem vários caminhos que levam à cidade de Santiago de Compostela, sendo que um dos mais tradicionais é o chamado Caminho Francês, que cruza a Cordilheira dos Pirineus. O trajeto geralmente é feito a pé, mas um número cada vez maior de pessoas tem utilizado a bicicleta para realizar a viagem.

Para percorrer o caminho de bike é preciso muito planejamento e cuidado para enfrentar dias inteiros pedalando e noites dormidas em albergues com pouca infraestrutura. Está com vontade de saber como fazer? Então veja as dicas que separamos para você:

Dicas para percorrer o Caminho de Santiago de Compostela de Bike

© Depositphotos.com / lunamarina Fazer o caminho de bike requer muito planejamento e cuidado.

Prepare-se fisicamente

A preparação para esta viagem deve começar com meses de antecedência. É preciso estar com o corpo acostumado a percorrer vários quilômetros por dia. Não se esqueça de organizar seu equipamento para a viagem, o que inclui a bike, além de roupa, mochila, tênis confortáveis e navegadores com GPS.

Escolha a melhor época

Embora possa ser feito em qualquer época do ano, o período entre os meses de maio e outubro é considerado o melhor para quem deseja percorrer o Caminho de Santiago. Isso porque o inverno atinge a região entre dezembro e março, fazendo com que a neve e o frio intenso tornem alguns trechos muito perigosos para os peregrinos.

Não tenha pressa

Programe-se para fazer todo o trajeto com tranquilidade, fazendo paradas para descansar, apreciar a vista e aproveitar o passeio.

Leve uma bagagem mínima

Não leve coisas demais, pois uma mala muito pesada pode dificultar seu ritmo. Prefira uma mochila mais leve com o mínimo necessário para aguentar os dias que vai se manter na estrada.

Aproveite a viagem

O mais bacana desta viagem, além das paisagens incríveis, é aproveitar o clima que fica entre todos os viajantes. As pessoas se ajudam, se compadecem e estão sempre dispostas a fazer algo por você. Esta vai ser uma experiência inesquecível e que vale muito a pena.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *