Dicas de Viagem

Turismo no Sri Lanka: confira dicas de viagem e curiosidades do Sri Lanka

dez, 31

Ao extremo sul da Índia, uma ilha solitária chama atenção pelo formato — que lembra uma gota — e pelo nome exótico: Sri Lanka. Conhecida antigamente como Ceilão, a ex-colônia britânica é um dos maiores exportadores de chás do mundo. Apontado pelo guia Lonely Planet como o melhor país para ser visitado em 2013, se você não teve a oportunidade de conhecê-lo naquele ano, não desanime: aproveite agora para colocá-lo no roteiro de sua próxima viagem.

Apesar de seu tamanho (quase 66 mil km²), o Sri Lanka demanda ao menos dez dias de viagem para que o visitante conheça os principais pontos turísticos e aproveite o melhor do país sem estresse. Isso porque as condições de transporte são dignas de aventura. Por outro lado, para quem quer a experiência de se sentir como um habitante da ilha, nada melhor do que desbravá-la por terra, via que proporciona as melhores paisagens.

flickr.com / Songkran O budismo e o hunduísmo englobam cerca de 84% da população do Sri Lanka.

As principais religiões do país são o budismo e o hinduísmo. Por conta disso, muitos pontos turísticos religiosos exigem que o turista entre descalço. Os idiomas oficiais são o cingalês e o tâmil, mas o inglês também é falado por lá, o que facilita bastante a comunicação. O clima quente e úmido indica altas temperaturas e chuvas. Entretanto, evite viajar entre junho e julho, que demarcam a época das monções, com muitos temporais.

A maior cidade é a capital Colombo, com mais de 700 mil habitantes. Provavelmente, será o primeiro lugar do país que o turista irá conhecer, já que os principais voos internacionais aterrissam nela. Aproveite para conhecer templos, lojas e restaurantes. Depois, vale pegar um trem até Kandy, considerada a capital cultural. São três horas de viagem sobre trilhos, com vista de tirar o fôlego.

flickr.com / POTIER Jean-Louis A fortaleza Sigiriya reúne um grande complexo de jardins geométricos, piscinas, fontes e edifícios.

O exotismo do país é o que encanta os visitantes, principalmente os que buscam sítios arqueológicos e construções religiosas, como o gigante Buda Avukana, em Kekirawa, as ruínas de Polonnaruwa e a fortaleza Sigiriya, além das plantações de chás da montanhosa Nuwara Eliya. Safáris com direito a andar no lombo de um elefante e avistar macacos e enormes iguanas encantarão aqueles que buscam contato com a natureza.

As praias, embora pouco exploradas, devem agradar os aventureiros marinhos. Em Medaketiya, Unnawatuna e Arugam Bay, praticantes de kitesurfe, windsurfe e canoagem aproveitam o mar para se divertir, mas também são bons locais para caminhar à beira da praia e tomar um sol. E após um longo dia, nada melhor do que degustar um bom chá e relaxar para curtir o dia seguinte.

Confira os pacotes de viagem da Adventure Club para o Sri Lanka.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *