Dicas de Viagem

Sem Mochilão: Conheça o Trem de Luxo para Machu Picchu

jan, 07

Machu Picchu, localizada na Cordilheira dos Andes, é uma das cidades antigas de maior renome em todo o mundo. Situada a uma altura de 9.060 pés, a 2.430 metros acima do nível do mar, Machu Picchu foi construída há mais de 500 anos atrás, e é a mais famosa atração turística do Peru, além de ser considerada como Patrimônio Mundial da ONU.

Incorporado dentro de uma paisagem única, no ponto de encontro entre os Andes Peruanos e a Bacia Amazônica, o Santuário Histórico de Machu Picchu é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores realizações artísticas, arquitetônicas e de uso da terra em qualquer lugar do mundo, além também de ser o legado mais significativo da civilização Inca.

Flickr.com / TotallyLatinAmerica O requintado trem de luxo para Machu Michu.

Reconhecida por notáveis valores culturais e naturais, Machu Picchu abrange cerca de 32.000 hectares de encostas das montanhas, compreendendo picos e vales circundantes, onde se destacam inúmeras construções arqueológicas, tal como o espetacular monumento arqueológico “La Ciudadela” (Cidadela), a mais de 2.400 metros acima do nível do mar.

Construída no século X, Machu Picchu foi abandonada quando o Império Inca foi conquistado por invasões espanholas, no século XVI. Foi somente em 1911 que o complexo arqueológico teve reconhecimento mundial.

Seguindo um rigoroso plano de construção, a cidade é dividida em duas partes: uma parte inferior e uma superior, separando assim a agricultura das áreas residenciais, com uma grande praça entre os dois pontos.

Flickr.com / Jorge Lascar O nome do trem de luxo Hiram Bingham é uma homenagem ao descobridor das ruínas de Machu Pichu.

Para os turistas as atrações turísticas são diversas, sendo mais de 200 estruturas e construções que expõe o fascinante conhecimento que detinha o povo Inca nas mais variadas áreas: centros religiosos, astronômicos, agrícolas e impressionantes construções arquitetônicas, tudo em meio a uma natureza única e exuberante.

Até hoje muitos dos mistérios de Machu Picchu continuam sem se resolver, incluindo o importante papel desempenhado por essa civilização na compreensão da astronomia e da arquitetura, além da capacidade de domesticação de variadas espécies de plantas selvagens, incluindo aí eficientes sistemas por eles desenvolvidos para irrigação, colheita e plantação.

Para aqueles que querem conhecer e se encantar com todas as belezas e com a rica cultura da civilização Inca em seu ponto mais impressionante, uma ótima opção é por meio do trem de luxo para Machu Picchu.

O trem de luxo que realiza o trajeto é chamado “Hiram Bingham“, em homenagem ao explorador que descobriu as ruínas em 1911, e é, seguramente, a forma mais sofisticada e segura de realizar o trajeto entre Cusco e Machu Picchu.

Os vagões do trem Hiram Bingham são pintados nas cores azul e dourado, e seu interior é aconchegante  e luxuoso, com uma encantadora decoração ao melhor estilo dos anos 1920.

Flickr.com / ricardore O aconchegante interior de Hiram Bingham, o trem de luxo para Machu Michu.

Alem disso, passageiros são recepcionados com danças típicas ao mesmo tempo em que são servidas champagnes. Durante o trajeto de ida, um delicioso brunch também é servido aos passageiros, para que todos tenham energia suficiente para explorar as belezas de Machu Picchu. Outro destaque do trem de luxo é seu vagão obervatório, localizado em sua extremidade e que possibilita aos turistas não perder nenhum detalhe do trajeto.

Para completar, após a diária de explorações das ruínas, durante o trajeto de volta são servidos dentro do trem diversos coquetéis, além de um delicioso jantar.

 

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *