Curiosidades / Dicas de Viagem

Dicas de turismo: Durbar Square, em Kathmandu, no Nepal

fev, 11

flickr.com / Esmar Abdul Hamid Durbar Square durante a noite.

Que tal conhecer um país totalmente diferente, com uma cultura fascinante e ainda ter uma lição de história a cada passo? Estes são alguns dos diferenciais que você irá encontrar ao viajar para a milenar Durbar Square, em Kathmandu, no Nepal. O local é composto por quatro praças localizadas bem em frente ao antigo palácio real que pertencia ao reino Bhaktapur e hoje é considerado um ponto de patrimônio mundial da UNESCO.

As quatro praças recebem o nome de Darbar, Taumadhi, Dattatreya e Olaria, e foram construídas a mando do rei Jitamitra Malla, que desejava homenagear a deusa Taleju Bhawani. No local, está localizado o antigo palácio real — que possui mais de 50 janelas e hoje é um Museu Nacional de entrada restrita para hindus.

O que fazer na Durbar Square em Kathmandu

Assim que chega à Durbar Square, o turista fica encantado com tamanha capacidade arquitetônica de uma civilização antiga. O local é perfeito para tirar muitas fotos e registrar toda a beleza dos templos dedicados a deuses e deusas do povo do Nepal. Lá é possível conferir a estátua de Hanuman, um deus em forma de macaco que desperta a curiosidade e admiração dos turistas.

flickr.com / Jean-Pierre Dalbéra Durbar Square é o coração da cidade velha de Kathmandu, a capital do Nepal.

As sacadas das construções que cercam as quatro praças passam uma sensação impressionante, até parece que voltamos para uma época tão distante quanto bela. Não deixe de visitar o principal templo religioso de Durbar Square, o Kasthamandap. Segundo a lenda do Nepal, este prédio foi construído com madeira extraída de uma única árvore abençoada pelos deuses e deusas. Aliás, o próprio nome Kasthamandap significa “teto feito de madeira”.

Outra atração incrível de Durbar Square é a aparição de Kumari no palácio com o mesmo nome. Segundo as tradições hindus, trata-se de uma deusa criança que surge em alguns momentos do dia. Por isso, não se assuste quando muitos turistas se posicionarem em frente ao palácio Kumari para visualizar o surgimento de uma criança na janela.

flickr.com / Bas Wallet A Durbar Square é uma praça do antigo palácio real, que apresenta um lindo conjunto arquitetônico.

Dicas para viagem a Durbar Square, no Nepal

É preciso pagar uma taxa de entrada em cada uma das praças que pretende visitar, assim como para conferir o surgimento de Kumari na janela de seu palácio. Para visitar os museus locais que contam a trajetória do povo do Nepal, também é preciso pagar um valor de entrada. Segundo autoridades locais, todos os recursos arrecadados são utilizados para limpeza das praças, palácios e museus, assim como para financiar os constantes trabalhos de revitalização.

Para não precisar pagar toda vez que for entrar nas praças, vá até o Tourist Office e compre um passe que garanta acesso pleno durante todo o tempo da viagem. Para tal, é preciso levar seu passaporte e uma foto recente 3×4. Confira mais informações neste link.

Outra dica essencial para quem pretende viajar ao Nepal e visitar o complexo Durbar Square é respeitar os costumes e tradições dos hindus. Lembre-se que você estará em um país diferente e sujeito às leis aplicadas no local, e não vale a pena estragar a viagem com algum tipo de ofensa ou desrespeito.

Ficou com vontade de conhecer a Durbar Square? Então, confira nossos pacotes de viagem para o Nepal.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *