Dicas de Viagem

Descubra a Guatemala, o berço da civilização Maia

maio, 16

Possivelmente um dos destinos turísticos mais importantes da América Central, a Guatemala se destaca por suas impressionantes belezas naturais, principalmente por seus imponentes vulcões, por sua riquíssima cultura milenar, seu patrimônio histórico cultural único em todo o mundo e, obviamente, por ser o berço da civilização Maia.

Sendo o berço da civilização Maia, a Guatemala concentra um dos mais fascinantes e surpreendentes sítios arqueológicos das Américas, sendo que a região onde se localiza já fora o maior centro populacional e cultural do mundo maia.

Tamanha é a riqueza da civilização Maia encontrada no país que, até os dias de hoje, estudiosos e especialistas ainda trabalham na escavação de palácios, templos, residências e antigos centros comerciais.

Em especial, o Parque Nacional de Tikal, localizado na região norte do país, é um destino turístico obrigatório para todas as pessoas que visitam a Guatemala. Protegido pela Unesco e detentor dos títulos de Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade, Tikal é, simplesmente, a maior de todas as cidades construídas pela civilização Maia.

Já em Altiplano é o local onde se pode entrar em contato com a cultura Maia viva, uma vez que lá estão muitos descendentes do povo Maia. Petén, onde localiza-se o Parque nacional de Tikal, é outro ponto que merece ser visitado, assim como as cidades de Antíqua e Quetzaltenango, cercada de vales, montanhas e vulcões.

Alguns destaques do Parque Nacional de Tikal:

– Plaza Mayor: centro político Maia em seu período clássico, trata-se também de uma das mais sensacionais paisagens de toda a Guatemala. Além disso, a Plaza Mayor foi também o coração da cidade maia, local onde estão presentes as acrópoles e os Templos I e II.

Flickr.com / sikeri A bela Plaza Mayor, Guatemala.

– Templo III: último templo construído em Tikal, coberto pela vegetação natural e com mais de 55 metros de altura.

Flickr.com / GOC53 O misterioso Templo III.

– Templo IV: Trata-se do mais alto templo já construído pela civilização maia, com 64 metros de altura. Segundo arqueologistas, para construí-lo, foram necessárias mais de 60 mil pessoas, sendo que, até hoje, as escavações continuam em busca de mais relíquias dessa civilização.

Flickr.com / archer10 O majestoso Templo IV.

– Mundo Perdido: trata-se de um complexo com mais de 60 metros quadrados, onde estão presentes 38 estruturas que, de acordo com estudiosos da cultura maia, fora um complexo construído para o estudo da astronomia, observação de estrelas, do sol etc.

Flickr.com / clurr Mundo Perdido, localizado na Guatemala.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *