Curiosidades / Dicas de Viagem

Confira a vista das montanhas que formam a Região do Cáucaso

set, 28

© Depositphotos.com / leonid_tit Pôr do Sol entre as montanhas do Cáucaso

Localizada na fronteira entre os continentes europeu e asiático, mais especificamente entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, a região do Cáucaso é marcada por uma cordilheira que recebe o mesmo nome e cria uma barreira natural entre os dois continentes. Algumas montanhas ultrapassam os 3.000 metros de altura, sendo que o Monte Elbrus (a montanha mais alta da Europa) chega aos 5.642 de altitude.

Fazem parte da região do Cáucaso os seguintes países: Armênia, Azerbaijão e Geórgia, além de algumas partes da Turquia, Rússia e do Irã. A região abriga mais de 50 grupos étnicos, cada um com sua própria cultura, costumes e língua. Por conta dessa ampla variedade de povos, o Cáucaso é conhecido como a “região das mil línguas”, sendo que muitas possuem alfabeto próprio.

© Depositphotos.com / leonid_tit Cáucaso é conhecida como a região das “mil línguas”, por possuir mais de 50 grupos étnicos, cada um com sua própria cultura e costumes.

Atrações turísticas do Cáucaso

As belíssimas montanhas são o principal atrativo turístico da região. Além de render fotografias belíssimas, que não poderiam ser tiradas em nenhum outro lugar do mundo, a cordilheira abriga excelentes picos de esqui, uma prática quase obrigatória para quem a região. Os fãs de esportes radicais também podem praticar bungee jump nos vales multicoloridos da Armênia.

© Depositphotos.com / evgovorov O turista tem a opção de fazer um passeio no teleférico da Armênia, localizado na Rússia.

As lagoas de águas termais são outro atrativo turístico natural que merece destaque, bem como os rios com águas provenientes nas geleiras. Para aqueles que preferem um esporte menos radical, caminhadas pelas montanhas e pelas praias do mar negro pode ser uma ótima opção. Também é possível fazer um passeio no teleférico da Armênia e no de Sochi, na Rússia, que figuram entre os mais altos do mundo.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *