Curiosidades

Aventura na Amazônia: no rastro do maior felino das Américas

fev, 26

O contato com a natureza é sempre surpreendente e revigorante. Mas e se essa experiência que, de tempos em tempos, se torna tão necessária para recuperar as energias e buscar o equilíbrio, ganhasse um quê de aventura, com detalhes dignos de roteiro de filme? É essa a proposta de uma expedição que, muito além de uma viagem, pode se tornar a mais marcante e enriquecedora experiência de sua vida.

Flickr.com / Corentin Foucaut A majestosa onça pintada, é considerada o maior felino das Américas.

Imagine a cena: em meio ao verde exuberante da floresta, cercado pelas mais belas espécies da flora brasileira, surge, bem diante dos seus olhos, o maior felino das Américas. Entre homem e animal, nada além da mata. A proximidade tanto fascina quanto apavora, mas em meio à mistura de sensações, a certeza de que aquele momento ficará para sempre na memória.

O momento cara a cara com um dos mais belos e ferozes felinos da fauna brasileira é uma das experiências previstas na expedição científica com as onças-pintadas, realizada na Reserva Mamirauá, na Amazônia. Com um roteiro inédito, o visitante poderá acompanhar uma equipe do Projeto Iauaretê, que estuda a ecologia deste predador nas florestas, para buscar vestígios do animal, como pegadas, restos, e fotografias.

Flickr.com / Andre Deak A exuberante Floresta Amazônica.

Por ser uma oportunidade rara e desafiadora, o encontro com a onça-pintada se torna ainda mais especial e fascinante. Isso porque, a perseguição e a caça – práticas que colocaram esse animal em vias de extinção –, tornaram estes animais os mais difíceis de serem avistados na natureza. Para quem aceitar o desafio, restos de comida e pegadas são os principais indícios da presença do felino, boas dicas para te colocar no rastro do animal.

Além da procura misteriosa e empolgante, a expedição reserva muitas outras surpresas. Já imaginou passar a noite em uma casa no meio da floresta, na altura da copa das árvores, com uma visão de 360º de tudo o que acontece ao seu redor? Ou presenciar um pôr do sol deslumbrante no Lago Mamirauá, ao som das aves e primatas, contemplando a beleza da flora refletida nas águas? Experiências tão intensas e inusitadas que ficarão na memória e que, certamente, trarão um sorriso ao rosto sempre que lembradas.

Flickr.com / Tambako The Jaguar A oportunidade de ver uma onça pintada na Amazônia é rara e desafiadora, o que a torna mais fascinante.

A participação na expedição científica também traz benefícios para a conservação da espécie. O recurso das expedições será usado para financiar o projeto de pesquisa científica que monitora os animais com colares de GPS. Esse monitoramento por geolocalização permite que os pesquisadores acompanhem o deslocamento das onças na floresta e entendam melhor seu comportamento, a área que elas ocupam e se estão se aproximando das comunidades locais.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *