Experiências

Explorando a Chapada Diamantina

maio, 04

Adventure Club Localizada no coração da Bahia, Chapada Diamantina foi explorada pela consultora Ariane Rocha.

“A Chapada Diamantina era um sonho antigo, um dos primeiros destinos brasileiros de ecoturismo que comecei a pesquisar. E superou totalmente minhas expectativas.

Bastou chegar ali, no centro do estado da Bahia, para ficar claro que a principal riqueza local nunca esteve no ouro ou nos diamantes tão cobiçados por garimpeiros e mineradores no passado, mas na quantidade e na diversidade das belezas naturais. São diversos cânions, desfiladeiros e cachoeiras, muitas cachoeiras. Há também várias planícies, grutas, cavernas, rios e lagos cristalinos.

Todos esses lugares são tão belos que eu poderia ficar apenas apreciando-os durante horas. Porém, resolvi ir além: aproveitei banhos em cachoeiras — uma delas, a da Fumaça, é a maior do Brasil! —, explorei trilhas de todos os tamanhos, visitei grutas, cavernas e museus. Deu até para mergulhar no Poço Azul, dentro de uma caverna que possui iluminação que muda de acordo com o movimento do Sol. Tudo isso, porém, não teria a mesma graça sem as pessoas da região, que são muito atenciosas e gentis.

Adventure Club O Poço Azul tem iluminação que muda de acordo com a posição do sol.

As atrações turísticas não são muito próximas umas das outras, e o acesso varia: pode ser feito de carro, canoa ou a pé (ou uma mistura de tudo isso). Para chegar a Marimbus, por exemplo, é preciso pegar 20 quilômetros de estrada de asfalto e terra, e depois embarcar em canoas que comportam até quatro pessoas. As duas horas de viagem são recompensadas por um inesquecível banho no Rio Roncador.

Para chegar ao topo do Morro do Pai Inácio, considerado um dos cartões-postais da Chapada, é necessário percorrer um longo trajeto a pé, após ter realizado um trajeto de seis quilômetros de carro.

Durante meus nove dias de viagem, tudo ocorreu conforme o programado: guias, transfers, hospedagens e refeições. Aproveitei as principais atrações, como Lençóis, Igatu, Mucugê, Ibicoara e, em especial, o Vale do Capão — que tem uma energia incrível! Com certeza, voltarei em breve para conhecer mais, pois há muitos outros atrativos dentro e fora do parque que valem a visita.”

Adventure Club A Chapada Diamantina é recheada de cânions, cachoeiras e lagos de águas cristalinas.

*Depoimento de Ariane Rocha, consultora da Adventure Club.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *