Ecoturismo / Pontos Turísticos

Confira dicas de trilhas no Vale do Capão, na Bahia

nov, 13

Há quem diga que o Vale do Capão é um dos lugares mais mágicos do mundo. Localizado na Chapada Diamantina, na Bahia, o local está estrategicamente posicionado perto de cachoeiras, vales e pontos turísticos da região.

flickr.com / mik_p O Vale do Pati é considerado o trekking mais bonito do Brasil.

Por conta de sua localização, o Capão é perfeito para os amantes de trekking. É de lá que partem algumas das melhores trilhas do Brasil, como o do Vale do Pati e da Cachoeira da Fumaça. Entre as trilhas, há opções de níveis fácil, médio e difícil. Na maior parte delas, por segurança, recomenda-se o acompanhamento de guias.

A trilha mais conhecida é a do Vale do Pati, que fica no coração do Parque Nacional da Chapada Diamantina e onde moram apenas dez famílias que hospedam os trilheiros. O percurso leva entre três e cinco dias, passando por picos como o Cachoeirão e cânions com cachoeiras e mata verde exuberante. A trilha tem nível difícil e exige esforço físico, mas vale muito a pena.

Outro passeio clássico do Vale do Capão é a Cachoeira da Fumaça. A partir do vale, a caminhada dura 6 km e conta com um trecho de subida de cerca de mil metros. Lá no alto fica a cachoeira e seus 380 metros de queda livre. O percurso leva aproximadamente duas horas de ida e duas de volta.

flickr.com / Danielle Pereira A Cachoeira da Fumaça é uma das mais altas quedas d’água da América do Sul.

Para quem procura uma trilha de nível mais fácil, uma excelente opção é a trilha de Águas Claras. Após cerca de duas horas e meia de caminhada em terreno plano, chega-se às águas cristalinas ao pé do Morrão.

Para chegar até o topo do Morrão, uma das montanhas mais conhecidas da Chapada, é preciso encarar em torno de cinco horas de caminhada (ida e volta). O terreno é íngreme, o que traz certa dificuldade. Lá de cima é possível apreciar a vista para o Vale do Capão e o Vale do Pai Inácio, além de sentir toda a magia desta região intocada.

flickr.com / Chico Ferreira O cume do Morrão pode ser visto de várias partes da Chapada Diamantina e assume várias formas, dependendo do ângulo de visão.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *