Dicas de Viagem / Pontos Turísticos

Descubra o que fazer em 4 dias em Buenos Aires

out, 28

Buenos Aires é como um pedacinho da Europa em plena América Latina. Com seus charmosos cafés, ruas arborizadas e construções imponentes, a capital da Argentina pode ser um destino muito próximo ao Brasil, mas é capaz de transportar o turista para um universo totalmente diferente.

Em apenas quatro dias, é possível conhecer boa parte dos pontos turísticos da Argentina e se apaixonar totalmente pela cidade portenha. Os principais pontos turísticos do centro — como o Obelisco, a Casa Rosada (o palácio do governo argentino), a Catedral Metropolitana, a Plaza de Mayo e o Banco de la Nación — podem ser visitados em uma única manhã, já que ficam muito próximos um do outro. O Teatro Colón é uma atração a parte. Para quem não conseguir se programar para assistir a uma ópera, há visitas guiadas pelo interior do teatro.

iStockphoto.com / LeeTorrens A Plaza de Mayo sempre foi o centro da vida política de Buenos Aires, desde a época colonial até a atualidade.

O centro também abriga o Café Tortoni, o lugar mais clássico para quem deseja ver apresentações de tango, capaz de fazer o turista se sentir na antiga Buenos Aires. Outro local que parece proporcionar uma viagem no tempo é a livraria El Ateneo, não muito distante do centro, e que foi instalada em um antigo Teatro Municipal da cidade.

Para fazer compras, a dica é a Calle Florida, repleta de cafés e lojas de roupas e perfumaria. Nesta rua ficam as Galerias Pacífico, um shopping inspirado na Galerie Lafayette, de Paris.

flickr.com / Gisele Pereira A Sala Alfonsina, dentro do Café Tortoni, define a forte presença do tango no estabelecimento.

No segundo dia de viagem, a dica é explorar a região da Recoleta. Além do cemitério onde está enterrada Evita Perón (atriz e líder política do país, conhecida como “mãe dos pobres”), há o Museu de Belas Artes, a Faculdade de Direito, a Rua Alvear (repleta de lojas de grife) e a Floralis Generica — escultura metálica de flor, que se abre ao anoitecer.

Para o terceiro dia, o ideal é aproveitar para conhecer Palermo e outros bairros distantes. Em Palermo, estão o Jardim Japonês, o Museu Evita, lojas de novos designers, outlets e ótimos restaurantes. O local também abriga o famoso zoológico de Lujan, onde o visitante pode ficar bem perto dos animais e entrar na jaula de leões, lhamas, tigres e macacos.

iStockphoto.com / elxeneize Puerto Madero é um centro financeiro e gastronômico de Buenos Aires.

Puerto Madero, bairro repleto de restaurantes e bares, é um bom local para ser visitado à noite e um belo exemplo de projeto urbanístico. A antiga área de armazéns portuários foi revitalizada com um calçadão à beira do canal e é uma excelente opção para curtir um jantar ou tomar um sorvete.

Se estiver por lá no fim de semana, reserve o domingo para conhecer o Caminito e a Feira de San Telmo. O Caminito é um local extremamente turístico, repleto de casinhas coloridas, restaurantes, ateliês e apresentações de tango ao ar livre. É lá que está o estádio da Bombonera. A dez minutos de táxi chega-se à Feira de San Telmo, que acontece apenas aos domingos e é repleta de antiguidades e artistas performáticos.

iStockphoto.com / Zaharov A importância cultural do Caminito o transformou em um centro cultural e turístico de Buenos Aires.

Conheça os pacotes de viagem para Buenos Aires que são oferecidos pela Adventure Club.

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *