Pacote de viagem para
Tibet

Melhor época Abril a Outubro
Roteiros inicio

A história do Tibet começa no século 7, quando o exercito tibetano era considerado um flagelo aos seus vizinhos. Os tibetanos ocuparam o Nepal e exigiam tributos de partes da região de Yunnan. Em seguida se moveram para o norte e tomaram controle da rota da seda e da cidade de Kashgar. Confrontados pelas tropas chinesas, da dinastia Tang, o exercito tibetano respondeu com o saque da cidade imperial, que hoje seria Xi’an. Em 842 com o assassinato do rei tibetano, a região acabou por se subdividir em pequenos feudos. Depois disso, nunca mais os tibetanos deixaram suas terras no alto do platô. Com isto o poder do clero budista cresceu. Depois do século 9, os monastérios se tornaram politizados e em 1641, os monges do chapeis amarelos com a ajuda de monges budistas mongóis massacraram seus rivais dos chapeis vermelhos. O líder dos chapeis amarelos adotou o titulo de Dalai Lama. Política e religião se tornaram interligados com o Dalai Lama presidindo ambas as funções. Cada dalai lama era considerado a reencarnação do anterior.

Melhor Época de Viagem para Tibet

A melhor época para visitar o Tibet é de Abril a Outubro. Entre os meses de Julho e Agosto, têm-se os dias mais ensolarados e é quando acontecem vários festivais.  O Verão é fresco e o Inverno congelante. É importante ir preparado com agasalhos até mesmo durante o Verão pois a noite às temperaturas são mais baixas.

Roteiros de viagem para Tibet

Yunnan e Tibete

Periodo:
13 Dias | Até Nov 2018
A partir de:
U$ 5.263,00

IDIOMA: Tibetano
MOEDA: Yuan
IDIOMA OFICIAL  Tibetano e Mandarim
CAPITAL: Lhasa
FUSO HORÁRIO: +11 horas em relação ao horário de Brasília
VOLTAGEM ELÉTRICA: 230V
CÓDIGO TELEFÔNICO: +086

DOCUMENTOS:
– Para Brasileiros visitarem o Tibet é necessário um “permit” – uma autorização especial do governo chinês e passaporte com validade mínima de 6 meses (contando a data de volta da viagem).
– Esta permissão de entrada no Tibet é emitido somente pelas agências de turismo ou hotéis locais, mediante prévio roteiro com hospedagem e serviços  confirmados.
– Outros vistos: dependendo dos países de conexão ou escala utilizados na rota dos voos reservados, outros vistos poderão ser exigidos.
– Menores de 18 anos viajando desacompanhados – autorização por semelhança* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe ou acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por semelhança* do genitor que não viajará.
* Firma reconhecida por semelhança: significa que a assinatura de ambos os pais no documento de autorização pode se dar por meio do reconhecimento de firma já registrada em cartório.

VACINAS:
– É obrigatória a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela emitido com pelo menos 10 dias antes do embarque. Consulte o país de destino (http://www.anvisa.gov.br/viajante/)
– Verifique o procedimento para a emissão do Certificado (http://portal.anvisa.gov.br/certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia)

Importante : 
– Aeroportos NÃO aplicam a vacina, somente emitem o Certificado e mediante comprovação da aplicação da dose inteira.
– A documentação de viagem é de responsabilidade dos passageiros e devem ser reconfirmadas junto aos Consulados e Cia. Aérea a cada viagem.