Pacote de viagem para
Salar do Uyuni

Melhor época Dezembro a Março
Roteiros inicio

O ocidente da Bolívia está situado na cordilheira dos Andes, com o pico mais elevado, o Nevado Sajama, a chegar aos 6 542 m. O centro do país é formado por um planalto, o Altiplano, onde vive a maioria dos bolivianos. O leste do país é constituído por terras baixas, e coberto pela floresta úmida da Amazônia. O lago Titicaca situa-se na fronteira entre a Bolívia e o Peru. No ocidente, no departamento de Potosi, encontra-se o Salar de Uyuni, a maior planície de sal do mundo. As cidades principais são La Paz, Sucre, Santa Cruz de la Sierra e Cochabamba. A região Oriente, a norte e leste, compreende três quintos do território boliviano é formada por baixas planícies de muitos rios e grandes pântanos. No extremos sul localiza-se o Chaco boliviano, pantanoso na estação chuvosa e semi-desértico nos meses de seca.

Melhor Época de Viagem para Salar do Uyuni

A região pode ser visitada durante todo o ano, porém nos meses de Dezembro a Março há melhor iluminação natural e menor probabilidade de chuvas. O clima na Bolívia possui uma grande amplitude térmica.
Nas terras baixas predomina o Clima Tropical, onde as temperaturas ficam quase sempre em torno dos 30ºC, com épocas chuvosas entre Outubro e Maio.
Nas regiões de montanhas predomina o Clima Semi-Árido, com ventos frios durante todo o ano, variando a temperatura entre 15ºC a 22ºC, com épocas chuvosas entre Novembro e Março.

Roteiros de viagem para Salar do Uyuni

Kachi Lodge – Domo Experience no Salar do Uyuni
Abertura 30Set18

Periodo:
9 Dias | 30Set 2018 a Mar 2019
A partir de:
U$ 7.950,00

Aventura no Atacama Vulcão Toco e Salar Uyuni

Periodo:
11 Dias | Até Set 2018
A partir de:
U$ 2.960,00

La Paz, Lago Titicaca e Salar do Uyuni

Periodo:
7 Dias | Até Dez 18
A partir de:
U$ 1.590,00

Deserto do Atacama e Salar do Uyuni

Periodo:
10 Dias | Até Dez 2018
A partir de:
U$ 3.347,00

Bolívia – La Paz, Lago Titicaca e Salar do Uyuni

Periodo:
9 Dias | Até Dez 2018
A partir de:
U$ 2.510,00

Extensão
Salar de Uyuni Privativo

Periodo:
4 Dias | Até Set 2018
A partir de:
U$ 2.398,00

IDIOMA OFICIAL : Espanhol, mas também são faladas línguas indígenas como quéchua, aimará e guaraní.
MOEDA : Boliviano
FUSO HORÁRIO: -1 hora em relação ao horário de Brasília
CAPITAL : Sucre (Sede Constitucional) e La Paz (Sede do Governo)
VOLTAGEM : 220V, exceto em La Paz é 110V
CÓDIGO TELEFÔNICO: +591

DICAS DE VIAGEM

Culinária local: a comida andina no geral é a base de trigo e milho, regra para todos os países por onde cruza os Andes. A forma de preparo e condimentos é que difere os pratos. Do lado boliviano a principal cidade Uyuni tem algumas opções de restaurantes, onde pode provar filé ou costeletas de lhama. Do lado chileno, San Pedro do Atacama, por exemplo, há pratos como ensopados de trigo e bebidas como a chicha e aloja além da “chorrillana” um prato bem popular com batatas, ovos, cebola frita e carne de lhama.

Cultura: para quem quer sentir a vibrante cultura boliviana, uma das mais famosas é o Carnaval de Oruro, capital do folclore boliviano. A festa é uma mistura de religião pagã e católica, com muita música, dança, rituais e máscaras que mesclam influências pré-inca espanhola e indígena.

Principais atrativos: o salar com mais de 10.000km2 é um dos pontos alto da viagem. Durante o período de chuvas (Dezembro a Abril) forma um espelho em formato de colmeia que tornar a imagem ainda mais surreal, mas pode ter acessos limitados com os veículos. Normalmente combinável com o Deserto do Atacama, tem pelo caminho o Deserto de Silóli com árvores petrificadas, cavernas esculpidas naturalmente que lembram formas “galácticas” e inúmeras lagoas como Lagoa Honda, Lagoa Charcota, Lagoa Hedionda e Lagoa Cañapa

Segurança : os índices estatísticos mostram números números de baixa violência. Furtos e roubos são mais frequentes em La Paz, Cochabamba e Santa Cruz, e como não são boêmios as ruas costumam ficar vazias à noite. Cuidado com notas falsas procure sempre trocar o dinheiro em casas de câmbio. Combine antes o valor da corrida com o taxista, podem tentar cobrar a mais no final. Deixe documentos e objetos de valor em lockers/cofres dos hotéis. Leve sempre o número da Embaixada Brasileira, para qualquer emergência mais grave.

 

DOCUMENTOS:
– Brasileiros não necessitam do visto para permanência até 30 dias.
– Passaporte original com validade mínima de 6 meses (contando a data de volta da viagem) com 1 página em branco para o carimbo da entrada.
– Ou o RG emitido com menos de 10 anos
– Menores de 18 anos viajando desacompanhados – autorização por semelhança* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe ou acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por semelhança* do genitor que não viajará.
* Firma reconhecida por semelhança: significa que a assinatura de ambos os pais no documento de autorização pode se dar por meio do reconhecimento de firma já registrada em cartório.

VACINAS:
– É obrigatória a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela emitido com pelo menos 10 dias antes do embarque. Consulte o país de destino (http://www.anvisa.gov.br/viajante/)
– Verifique o procedimento para a emissão do Certificado (http://portal.anvisa.gov.br/certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia)

Importante : 
– Aeroportos NÃO aplicam a vacina, somente emitem o Certificado e mediante comprovação da aplicação da dose inteira.
– A documentação de viagem é de responsabilidade dos passageiros e devem ser reconfirmadas junto aos Consulados e Cia. Aérea a cada viagem.

Nome: Ricardo Wetzel, Liu Ruey e Liu Ling

Data: 05/03/2016

Destino: Pacote de Viagem para a Bolívia – Pacote de Viagem para Salar do Uyuni

Mensagem:
Ariane,

A viagem foi muito boa. Conseguimos ver o salar com parte seca e parte molhada… estava ventando um pouco, mas depois acalmou e vimos o espelho d’água ao por do sol. Rendeu muitas fotos.

O hotel em San Pedro é muito bom, e o atendimento foi muito atencioso.

Todos os hotéis, com exceção do hotel de sal, deixavam água no quarto todos os dias. Água era uma preocupação, mas com isso foi tranquilo (até acabamos levando água demais às vezes por não saber se o próximo hotel teria água ou não…)

O serviço semiprivado valeu a pena, especialmente na Bolívia. Fomos nós 3 no carro, mais motorista e guia. Nós víamos os outros carros com 7 pessoas e bagagem no teto, e já nos sentíamos apertados…

Com exceção do primeiro dia (no Chile), que a guia parecia ainda não muito bem informada e se perdeu um pouco no horário, os guias nos atenderam bem e responderam todas as perguntas. O pessoal que acompanhou na Bolívia realmente “tomou conta” da gente, ajudaram bastante, já que a estrutura na Bolívia é bem mais precária…

Crédito das imagens: Ricardo Wetzel.

Nome: Nelson Diniz

Data: 09/10/2016

Destino: Pacote de Viagem para a Bolívia – Pacote de Viagem para Salar do Uyuni

Mensagem:
Boa tarde Douglas,

Conforme conversamos, gostaria de cumprimentá-los pelos excelentes serviços prestados por vocês e seus fornecedores na nossa viagem.

Considerando que fizemos 3 países, 5 aéreos, 7 hotéis, mais os inúmeros transfers e passeios por lugares as vezes com menor infra estrutura, podemos afirmar que a logística dos transfers, receptivos, guias e motoristas foi perfeita, sem qualquer senão na qualidade, presteza, cuidados e gentileza no atendimento.

Não poderíamos deixar de citar : Condor Travel ( suporte Peru e Chile ), Turismomer ( rota Cusco – Puno ) ,Transturin ( suporte Bolívia ) e sua subcontratada Natour (Uyuni ), as responsáveis por todo o sucesso do roteiro.

Todos os hotéis contratados, com excelente infra estrutura , qualidade de serviços e simpatia no atendimento.

Particularmente agradecemos a todos os envolvidos, guias e motoristas, com destaque para nosso suporte em La Paz – guias Jimena e motorista Mamerto e no Uyuni – guia Laura Holgado e motorista – Jorge Velasquez.

Abraços

Viajou para: Bolívia, Peru e Chile