Bike
Em Israel – 8 Dias

Detalhes inicio

Biking Mar da Galileia, Colinas de Golã e Jerusalem – Premiere Inn Trip – 8 dias.

Período: Novembro de 2015
Saídas: 12/04; 24/05; 27/09; 11/10; 25/10; 08/11
Valores anunciados incluem: Parte Terrestre

1º dia – Haifa (Israel)
Às 8h, encontro com o guia Backroads no David InterContinental Hotel. Israel é não é um destino muito comum quando se pensa em viagens de bicicleta, porém, oferece todos os elementos essenciais para uma maravilhosa viagem nesse estilo: paisagens variadas, história intrigante, uma cultura moderna e vibrante, hospedagens maravilhosas e um povo dinâmico. Após o encontro em Tel Aviv, traslado com destino a Monte Carmel para um mosteiro carmelita ao sul da cidade portuária de Haifa. Ainda pela manhã, pedalada pelas movimentadas vilas nos arredores de Haifa. Nas vilas de Isfiya e Daliat el-Karmel, é possível observar a fascinante cultura drusa – minoria religiosa de língua árabe, são uma comunidade eclética e misteriosa que rompeu com o Islã no século 11. Tradicionalmente, eles eram agricultores, cultivavam azeitonas, frutas e trigo. Hoje, os drusos são uma parte bem integrada da sociedade israelense, ocupando cargos políticos e servindo às forças armadas. Em seguida, depois de uma longa descida através da Carmel Forest, visita à pitoresca aldeia de Ein Hod, que fica em uma colina com impressionante vista para o mar. Tempo livre para desfrutar dessa comunidade única, iniciada em 1953 por um grupo de artistas progressistas. Hoje, 150 artistas e suas famílias vivem e trabalham em Ein Hod, muitos dos quais abrem seus estúdios e casas para compartilhar seu trabalho e histórias com os visitantes. Almoço em estilo piquenique. Em seguida, passeio guiado por um membro da comunidade local pela vila. Ao fim do passeio, pedalada ao hotel (possível fazer o trajeto em transfer, para ter mais tempo para desfrutar da estrutura do hotel. Hospedagem no Carmel Forest Spa Resort por 2 noites. Jantar de boas-vindas no hotel.

2º dia – Haifa
Após café da manhã no hotel, transfer para passeio panorâmico ao longo de uma estrada em meio à floresta, com destino ao mosteiro carmelita na cordilheira de Carmel. Ou pedalada por caminhos ondulantes através de Carmel Forest, passando pelos vilarejos drusos, onde é possível provar um pouco de pão fresco coberto com Labane caseiro de queijo. Em seguida, pedalada até o mosteiro carmelita para encontro com o grupo. O passeio continua por estradas tranquilas, passando por plantações de grãos, colinas verdes e kibutz (típico campo agrícola árabe). Durante o percurso, o passeio segue por uma base militar ativa onde é possível observar uma demonstração especial da Força de Defesa Israelense (este passeio é opcional, sendo possível organizar rotas alternativas). Continuação do passeio através de pomares e vinhas a caminho de Alona Park, de onde o grupo seguirá para Caesarea (percurso de bicicleta ou em transfer). Em seguida, almoço kosher. Após o almoço, opção de mergulhar no Mar Mediterrâneo ou participar de um passeio a pé com guia local através de ruínas romanas construídas por Herodes, O Grande, cerca de 2 mil anos atrás. À tarde, retorno e tempo livre para desfrutar da estrutura do hotel. À noite, jantar no hotel.

3º dia – Haifa – Rosh Pina
Em horário apropriado, saída para pedalada com destino às montanhas de Gilboa. Uma subida gradual através da floresta e colinas com vista para Kharod e Jezrael Valley, as montanhas da Jordânia e aldeias da Cisjordânia. Ao longo do percurso é possível observar algumas das complicações enfrentadas pela moderna Israel. Em transfer ou de bicicleta, percurso até um belo oásis no deserto de Gan Hash-Iosha, um parque nacional repleto de piscinas naturais (também conhecido como Sachne em árabe), para almoço. Após o almoço, transfer para o hotel Bayit Bagalil, hospedagem por 2 noites. Opção de explorar as incríveis ruínas de Beit She”na, que incluem um anfiteatro romano de 7 mil lugares, uma ponte romana e uma casa de banhos. A cidade mais antiga de Israel, Beit She”na foi conquistada por muitos povos durantes séculos, incluindo egípcios e filisteus, por sua estratégica localização no vale fértil da Jordânia, que controlava de leste a oeste as rotas comerciais durante anos. À noite, encontro para bate-papo informal com representantes da Fundação Galileia, cuja missão é “promover o desenvolvimento e a igualdade da minoria palestina em Israel através da educação e da preservação da cultura”. Esta é uma oportunidade única para conhecer melhor a relação árabe-israelense e aprender mais sobre as perspectivas variadas que envolvem o conflito entre eles. À noite, jantar tradicional árabe no restaurante do hotel.

4º dia – Rosh Pina
Pela manhã passeio com dificuldade alta, com subidas íngremes, pelas redondezas do hotel com vistas deslumbrantes de Israel e do Líbano. Ainda há a opção de um passeio mais tranquilo de bicicleta ou um transfer para as ruinas de Bar”am, uma das mais antigas sinagogas de Israel, situada a poucos quilômetros da fronteira com o Líbano. Tempo livre para explorar a região com guia local. Em seguida, pedalada ao longo de colinas e pomares com destino a uma vinícola em Ramot Naftali para almoço. Após o almoço, degustação de vinhos com o carismático vinicultor e proprietário, Rami. Retorno ao hotel ou traslado com destino à cidade mística de Safed, maior cidade de Israel e uma das quatro cidades sagradas do judaísmo, junto com Jerusalém, Hebron e Tiberíades. Depois de um passeio guiado pela região, tempo livre para desfrutar do local. Retorno ao hotel. Jantar em Rosh Pina (não incluído).

5º dia – Rosh Pina – Colinas de Golã
Em horário apropriado, saída para passeio com destino a Colinas de Golã – região às vezes referida como o Texas israelense. Embora relativamente curto em quilometragem, os ganhos de elevação fazem deste passeio um dos mais desafiadores da viagem. O percurso começa através de antigas oliveiras de Mas”ade (não deve ser confundida com a fortaleza do deserto, com vista para o Mar Morto), onde serão servidas tradicionais sobremesas, chá e café árabe. Em seguida, subida ao Monte Hermon, passando pela única estação de esqui de Israel. Descida pelo vale verdejante de onde é possível observar uma estrutura de pedra enorme no topo de uma colina distante: a imponente fortaleza de Nimrod. A cidadela do século 13 foi construída pelo governador da cidade vizinha de Banias para se defender contra uma marcha que vinha de Damasco. Depois que a cidadela foi dominada pelos mamelucos, estes expandiram a fortificação, acrescentando muitas passagens secretas e elementos de design sofisticados. Tempo livre para explorar a ruína. Almoço clássico druso com kebab, saladas frescas, azeitonas e doces locais da vila drusa de Ein Qyina. À tarde, pedalada próxima da fronteira com a Síria passando por pomares de maçãs, cerejas e pêssegos. Remanescentes da Guerra do Yom Kippur, de 1973, na forma de tanques enferrujados lembranças do assombro de um passado não muito distante. Relações intensas com seus vizinhos árabes e divisões internas sobre questões como assentamentos moldaram a sociedade israelense contemporânea. Mas, apesar disso, Israel continua a perseverar com um espirito de esperança e entusiasmo; sua resiliência é uma das qualidades que tornam o país um lugar intrigante. Finalmente, visita ao Kibbutz Merom Golan, o primeiro kibutz fundado em Golã. Hospedagem no kibutz Merom Golã por 1 noite. Embora muito mais simples que as acomodações anteriores, Merom Golan oferece uma experiência interessante, que só um kibutz israelense pode oferecer e que, infelizmente, estão desaparecendo rapidamente. Em seguida, passeio curto com o grupo pela propriedade e conversa com um residente local sobre a vida em kibutz. À noite, refeição familiar preparada com alimentos típicos no restaurante do kibutz.

6º dia – Colinas de Golã – Jerusalém
Após o café da manhã, pedalada ao longo da fronteira com a Síria e descida para o Mar da Galileia. Parada para almoço em estilo piquenique na praia. A partir do Mar da Galileia, transfer para Jerusalém, um dos locais de peregrinação mais importantes para três grandes religiões do mundo: o judaísmo, o cristianismo e o islamismo. Chegada e hospedagem por 2 noites no Mamilla Hotel. Em seguida, caminhada para a murada Cidade Velha e visita ao Muro das Lamentações, um local de igual importância religiosa e histórica para os judeus, cristãos e mulçumanos. Esse momento do roteiro coincide com o Shabat, o dia de descanso judaico, que começa ao entardecer. Na praça abaixo é possível observar ortodoxos rezando, cantando e dançando, muitos com tradicionais trajes religiosos. Em seguida, jantar de Shabat especial na casa de um morador local (esta experiência é opcional, podendo ser escolhido, ao invés disso, jantar na cidade).

7º dia – Jerusalém
Este é o Shabat na Cidade Santa, o dia de descanso na semana judaica. Por conta desse vento, a vida pública sofre uma paralisação a partir do pôr do sol de sexta-feira até o anoitecer de sábado. Ruas são bloqueadas para carros e muitas empresas estarão fechadas. Assim, o passeio do dia seguira para as Colinas da Judéia, passando pelo vilarejo de EinKarem, onde João Batista nasceu e foi criado. Parada em um café onde muitos ciclistas se reúnem aos sábados. Em seguida, pedalada com destino a Hebron Valley – tão perto da cidade e ao mesmo tempo longe da agitação urbana. Na primavera, o vale fica repleto de flores, e movimentado com a colheita das uvas. Pedalada passando por florestas, vinhas e vários locais interessantes pelo caminho, incluindo um mosaico romano nas ruinas de uma antiga pousada que era ponto de parada na estrada velha entre Jerusalém e o porto de Jaffa. Parada em uma pequena vinícola para almoço churrasco gourmet preparado por um chef da capital foodie de Israel, Tel Aviv. À noite, brinde em celebração à semana na Terra Santa e rápida caminhada até o famoso restaurante local Mona, onde é possível provar a incrível culinária contemporânea de Israel.

8º dia – Jerusalém
Pela manhã, passeio guiado por alguns dos locais mais especiais de Jerusalém. Passando primeiramente pelo Monte do Templo (Temple Mount), esse relativamente pequeno pedaço de terra é talvez o local religioso mais importante (e mais contestado) na terra. Em seguida, passeio pelo Bairro Judeu, pela Via Dolorosa e pela Igreja do Santo Sepulcro. Almoço leve. Retorno ao hotel e tempo livre para atividades de interesse pessoal. Em horário apropriado, traslado com destino a Jerusalém ou ao aeroporto de Tel Aviv. Fim de nossos serviços.

Valores em Dólar Por Pessoa – Terrestre

Hotel Individual Duplo

Validade

Haifa: Carmel Forest Spa Resort – 2 noites $ 6.908,00 $5.698,00Saída: 12/04
Rosh Pina: Bayit Bagalil – 2 noites $ 7.008,00 $5.798,00Saída: 24/05
Golan: Kibbutz Merom Golan – 1 noite $ 6.608,00 $5.398,00Saídas: 27/09; 11/10; 25/10; 08/11
Jerusalém: Mamilla Hotel – 2 noites Valores sujeito a alteração de acordo com a disponiblidade

OS VALORES E DISPONIBILIDADES DOS PROGRAMAS CONTIDOS NESTE SITE DA ADVENTURE CLUB ESTÃO SUJEITOS A ALTERAÇÕES. (18)

O que Inclui:
– 7 noites de hospedagem
– Todas as refeições estão incluídas, exceto um jantar.
– Atividades conforme programação Backroads;
– Acompanhamento de guias qualificados;
– Traslados durante o programa;
– Transporte de bagagem e van de apoio durante todo o roteiro.

Não Inclui:
– Parte Aérea
– Bebidas alcoólicas não incluídas, exceto quando especificado na programação.
– Taxas de Embarque Nacionais e Internacionais;
– Refeições não mencionadas;
– Excesso de bagagem;
– Extras de caráter pessoal (telefonemas, bebidas, lavanderia);
– Gorjetas para carregadores nos aeroportos e hotéis, e para guias durantes os passeios;
– Despesas com documentações e vistos;
– Qualquer item não mencionado como incluído.

ACOMODAÇÕES PREMIERE: A melhor categoria de acomodação das viagens Backroads. São hotéis 4 ou 5 estrelas, reconhecidos por sua excelência, muitas vezes pertencentes a associações Relais & Châteaux e Small Luxury Hotels of the World. Em localidades em que a definição de excelência é um pouco mais simples, são selecionados os melhores hotéis que ainda preservam o espírito local.
ACOMODAÇÕES CASUAL: Os hotéis de categoria casual são normalmente 3 estrelas. Mesmosendo mais simples que a categoria premiere, são hotéis selecionados com muito cuidado, combinando o conforto com o charme local. Todos os hotéis mencionados incluem taxas locais;
O critério internacional de horários de entrada e saída de hotéis normalmente é: Check-in: entre 15h e 17h Check-out: entre 10h e 11h

Documentos e Vistos: Recomendamos fazer cópias das 3 primeiras páginas do passaporte.Todos os documentos originais deverão ser transportados na bagagem de mão. As cópias dos documentos devem ser despachadas na bagagem. A validade mínima do passaporte deve ser de 6 meses da data de embarque da viagem. O documento precisa ter, pelo menos, duas páginas em branco (lado a lado). Portadores de passaporte brasileiro não precisam de visto, contanto que a permanência não ultrapasse três meses.
Importante: Alguns países não aceitam passaportes que contenham o carimbo de entrada em Israel. São eles: Líbia, Sudão, Síria, Líbano, Arábia Saudita, Yemen, Kuwait e Iran.
Vacina: Não é necessária a apresentação do certificado da vacina contra a febre amarela.

Importante: A operadora não poderá se responsabilizar pela entrega de mercadoriascompradas durante a viagem e que necessitem ser despachadas ao Brasil, seja através da loja onde o produto for adquirido, seja através do operador local, companhia aérea ou qualquer outro meio. A operadora não se envolverá no processo alfandegário e no desembaraço de mercadorias no Brasil.
Muito Importante: Poderão ser solicitados no desembarque, bilhetes aéreos de ida e voltaconfirmados, fundos suficientes para a estada no país (dinheiro, travelers checks, cartão de crédito, etc.) e voucher de hotéis. A ausência de qualquer desses requisitos poderá acarretar problemas na imigração.
OBS.: Menor de 18 anos viajando desacompanhado, precisa de autorização de ambos os pais ouresponsáveis legais, com firma reconhecida por autenticidade. Caso o menor esteja viajando somente em companhia de um dos pais ou responsável legal, é necessária a autorização do ausente, também com firma reconhecida por autenticidade.

 IMPORTANTE: Como eventos climáticos extremos (tempestades, alagamentos, furacões, erupções etc.) fogem do nosso controle, não podemos garantir o reembolso de hospedagens e serviços contratados (voos, traslados, passeios etc.) em caso de cancelamentos causados por estas condições

*Até 60 dias antes da data do embarque:
40% a vista – Saldo em 2 vezes sem juros no cheque* ou cartão**
*Entre 59 a 30 dias antes da data do embarque:
50% a vista – 2 vezes sem juros no cheque* ou cartão**
*Dentro de 30 dias da data do embarque:
50% a vista – 1 vez sem juros no cheque* ou cartão**
*Cheque: Somente Pessoa Física
**Cartão: Preencher Aut. Débito

Você também pode gostar