Trans-Himalaia e a Vida Selvagem

Permânencia 14 Dias
Período Jul 2019
Detalhes inicio
Saída: 10 Jul 2019
Valores Incluem: Parte Terrestre (Consulte a Parte Aérea)
A partir de: U$ 6.400,00 Solicitar Cotação

A região Trans-Himalaia de Ladakh é uma das últimas fronteiras para a observação de vida selvagem. O deserto frio em altitude proporciona um clima mais agradável no verão. Ladakh recebe pouca chuva diferente das monções que acontece no restante da Índia. A paisagem montanhosa contrasta com os tons terrosos de áreas áridas, cristais formados pelos glaciais e rios sinuosos que percorrem os vales. Este é o lar de animais selvagens como o urso pardo dos Himalaias, leopardo, lince eurasiático, lobos, águias douradas e outras espécies raras. O contraste também pode ser observado nos costumes mais duros dos povos de montanha e a compassividade dos que praticam o budismo, entre mosteiros e áreas rurais de tibetanos.

Importante: a maior parte da programação em Ladakh ocorre em altitude, acima de 3.600msnm e o ponto mais alto de acomodação fica a 4.400msnm.

  • plato-de-changtang-trans-himalaia-creditos-beyond
  • trans-himalaia-credito-beyond
  • trans-himalaia-brown-bear-credito-beyond
  • tso-moriri-lake-in-ladakh-jammu-and-kashmir-north-india
  • trans-himalaia-lince-asiatico-credito-beyond
  • trans-himalaia-crane-scape-tsokar-credito-beyond

DIA

10jul - Nova Delhi

Chegada a agitada Delhi, recepção e traslado ao hotel Roseate, em Aerocity.

O Roseate House tem um estilo ultra-chic lifestyle, com espaços contemporâneos e uma atmosfera mais despojada. Está localizado em uma região de fácil acesso aos aeroportos, o centro de Delhi e Gurgaon. Acomodação por 1 noite com café da manhã.

Incluso:Café da manhã

DIA

11jul -Delhi / Leh

Pela manhã, traslado ao aeroporto de Delhi para embarque em vôo com destino a Leh, capital do estado de Jammu e Kashmir, mas que no passado foi capital do reino tibetano de Ladakh. Desembarque no aeroporto de Leh, recepção e traslado ao The Grand Dragon Hotel, Ladkh. Localizado na antiga cidade de Leh. A decoração artesanal com pinturas de Gulam Mustafa (primeiro artista moderno de Ladakh) mesclam estilos com influência local. Aproveite o resto do dia para aclimatar-se a altitude de 3.500msnm. Acomodação por 2 noites em hotel de Leh com pensão completa.

Importante: estes dias em Leh são importantes para aclimatar-se pois a programação é intensa e exige que o corpo se acostume em alta montanha.


DIA

12jul -Leh

 

Dia livre para atividades independentes e aclimatar-se. Poderá aproveitar este dia para caminhar pela cidade e visitar os mosteiros em torno dela. Leh é um fascinante labirinto de ruas sinuosas e repleta de bazares. A rua principal é repleta de lojas de ambos os lados. O Palácio Real que domina a cidade tem muitas semelhanças com o de Potala em Lhasa embora seja menor.

Shanti Stupa foi construída entre 1983 e 1991 pelos japoneses para promover a Paz Mundial. A vista de cima proporciona um visual panorâmico de todo o vale e das cadeias de montanhas.

Mosteiro de Thiksey é talvez um dos cartões postais de Leh, localizado no alto sobre uma colina. A estrutura construída em vários níveis, abriga apartamentos privados para os lamas encarnados. O Gompa (mosteiro tibetan) abriga também uma rica coleção de escritos ou pintados à mão e livros de orações. Um templo construído em 1970 abriga uma estátua de Buda de 15 metros de altura em homenagem a visita de Dalai Lama em Thiksey.

À tarde, sugestão de visitar o mercado de Leh, onde locais de diversas vilas nos arredores alimentos cultivados como vegetais, frutas e leite de yak para serem comercializados.


DIA

13jul - Leh / Brown Bear Base (Drass)

Depois de um café da manhã bem cedo, segue para o oeste, na direção de Kargil e Srinagar, contornando o rio Hindus. Passagem pela pequena ciadde de Nimmu, uma das mais importantes de Ladakh e onde o rio Zanskar encontra com o Hindus, uma confluência que gera contrastes de cores. A viagem segue para Drass, com paradas no Mosteiro de Lamayuru e Alchi entre outros pontos. O Mosteiro de Alchi é um dos mais antigos datado de 900 a.C. O trajeto percorre incríveis paisagens, conhecidas como a “pintura de Ladakh” com diferentes formações rochosas. Na chegada em Drass, será recepcionado por um guia especializado em ursos e que os acompanhará durante sua estadia no Acampamento HImalayan Brown Bear. Acomodação por 3 noites em casa de uma família local em uma vila dentro da área dos ursos.

5º e 6º
DIA

14 e 15jul - Brown Bear Camp

Nestes dois dias, o safári em busca dos ursos, é logo pela manhã cedo e a noite. O safári exige caminhadas em diversos terrenos, percursos em carro e às vezes ficar em um ponto estratégico aguardando um longo tempo. Durante o dia, poderá escolher entre caminhadas pelas colinas ou visitar a tribo Shina e conhecer um pouco desta cultura, bem diferente da cultura central de Leh. Também terá a oportunidade de visitar a vila de Hundarmann que estava sob o controle do Paquistão até 1970 e tem um passado de guerra, mas hoje com trabalhos de curadoria tem mostrado que pode buscar um equilíbrio e buscar a recuperação.

Na Índia, os ursos pardos do Himalaia, vivem nas extensas colinas do Himalaia Ocidental (exceto os desertos frios de Ladakh), ocupam pastagem em altitude e terras de arbustos. Raramente são vistos na parte baixa das colinas, exceto quando buscam alimentos. Hibernam normalmente entre Dezembro a Março. É também quando as fêmeas têm seus filhotes e ao acordarem precisam se alimentar e também sua cria. Além dos ursos, há chances de observar raposas, lobos, cabras, marmotas e aves.

À noite, retorno a sua hospedagem, para compartilhar as informações vivenciadas no dia.
Poderá interagir com alguns moradores que normalmente tem uma história pessoal vivida com ursos e que nem sempre é pacífica. O Brown Bear Lodge está trabalhando com estes aldeões e criaram um modelo de turismo sustentável que envolve os habitantes locais. Eles esperam mudar suas mentalidades para possam ver os ursos como benefício e não como uma ameaça.


DIA

16jul - Brown Bear Camp (Drass)/ Nimmo (6 hrs) – Nimmu House (glamping )

Café da manhã logo cedo e saímos de volta a parte central de Ladakh Central, mas ao invés de usar a estrada principal, seguimos pelo Vale dos Indus, o mais longo desfiladeiro que os Indus já percorreram. A região é também lar do povo de Brokpa, popularmente conhecidos como o povo “ariano” ou Bon, que seriam os habitantes originais destas terras. Uma breve parada em um destes vilarejos para conhecer é cultura singular. Para quem se interessa por geologia e arte em rochas, os petroglifos em Domkar podem ser interessantes. Chegada a Vila de Nimmo, acomodação em Nimmu House por 3 noites com pensão completa.

Nimmu House: a imponente construção de 1.200m2, é um dos últimos exemplos de arquitetura no estilo original. Uma das poucas casas nobres que restaram na vila de Nimmu, próximo aos rios Indus e Zanskar. A casa possui 4 quartos, 5 tendas, sala de jantar, living, um templo budista, estábulo, pomar de damasco, maças e nozes. A restauração da casa é um projeto de manter um Patrimônio que possa preservar a cultura e arquitetura local, gerando também uma oportunidade econômica para a população local.

8° e 9º
DIA

17 e 18jul - Nimmu House

Dias livres para descansar e desfrutar dos diversos espaços da casa e arredores. Aproveite para conhecer a vila Nimmoo. Na confluência dos rios Hindus e Zanskar, Nimmoo tem se tornado a base de muitos trekkings pela região que oferece inúmeras trilhas em meio a impressionantes paisagens, além de alguns dos mais populares monastérios. Nos vales de Sham pode observar a vida selvagem.

10°
DIA

19jul - Nimmu House/ Tsokar Lodge

Depois de um café bem cedo, saímos para o ponto de maior altitude desta viagem, o passo de Tangland a 5.300 msnm o portão de entrada para o deserto frio no platô de Changthang, e depois seguimos para a acomodação em Tsokar Lake. Acomodação por 3 noites.

O lago Tsokar é formado por um fluxo de água que vem do extremo sudoeste formando um lago menor Startsapuk Tso e juntos formam mais de 9km de planícies com estas piscinas. Este é o altiplânico alagado localizado na depressão do planalto de Changthang. Até a alguns anos atrás o lago foi uma importante fonte de sal que os nômades de Changpa exportavam para o Tibet. O lago é um habitat rico para pássaros como gansos, gaivotas, andorinhas, mergulhão e outras aves migratórias.

11°
DIA

20jul- Tsokar Lake

Esta região proporciona belas paisagens entre montanhas, lagos e planícies. Aproveite o dia livre para registrar belas imagens e observar a vida selvagem.

12°
DIA

21jul - Tsokar

Hoje vamos passar o dia no Lago Tso Moriri e as águas termais de Puga, distante umas 3 horas de carro.

Puga Hotsprings é um trecho de 12 km do vale do Himalaia, a região abriga também gêiseres e nascentes de água termal. Também é lar da comunidade de Chang Pa, pastores nômades que trazem seu gado a estas terras todos os anos.

Tso Moriri é um dos maiores lagos em altitude de água salobra na região de Ladakh. É um dos mais impressionantes lagos na Índia.

Retorno para pernoite no Lodge Tsokar.

13º
DIA

22jul - Tsokar / Leh

Retorno em veículo para Leh. Restante do dia livre. Aproveite para relaxar no Grand Dragon Hotel.

14º
DIA

23jul - Leh / Delhi

Logo cedo, um vôo para Delhi. Poderá descansar no hotel antes de seguir no vôo de retorno até o começo da noite. Day use no hotel Roseate House (consulte caso necessite de 1 diária completa se o seu vôo for no dia seguinte)

VALORES POR PESSOA EM DÓLAR

Hospedagem Quádruplo Triplo Duplo Single CHD Validade
6 a 8 Pessoas - - U$ 6.990 U$ 10.050 - 10 a 23 Jul 2019
8 a 10 Pessoas - - U$ 6.400 U$ 8.420 - 10 a 23 Jul 2019

 

OS VALORES E DISPONIBILIDADES DOS PROGRAMAS CONTIDOS NESTE SITE DA ADVENTURE CLUB ESTÃO SUJEITOS A ALTERAÇÕES. (63)

Entrada de 30% + saldo em até 3 parcelas

Inclui:
– 1 noite em Delhi, The Roseate House, Aerocity com café da manhã
– 3 noites em Leh, Grand Dragon Hotel com pensão completa
– 3 noites em Drass, Brown Bear Lodge com pensão completa
– 3 noites em Nimmoo, Nimmu House com pensão completa
– 3 noites em Tsokar, Tsokar Lodge com pensão completa
– 1 day use em Delhi, The Roseat House, Aerocity
– vôo doméstico Delhi / Leh / Delhi classe econômica (limite de bagagem de 15kg) – consulte custo extra em caso de excedente
– passeios e visitas conforme mencionados no programa
– entradas nos monastérios
– transporte para observação de vida selvagem
– traslados entre os locais de visita e hotéis
– serviços de guia desde o 2º ao 13º dia em inglês

Não inclui:
– passagem internacional de chegada a Delhi;
– impostos que possam ser reajustados sobre a tarifa publicada
– despesas pessoais como, lavanderia, chamadas telefônicas
– bebidas alcoólicas
– gorjetas
– taxa de visto e outros documentos
– seguro viagem (obrigatório)

Importante:
– valores estão sujeitos a alterações e sem aviso prévio, conforme políticas governamentais, dos hotéis e companhias aéreas
– os hotéis mencionados podem não estar disponíveis ao solicitar a reserva e serão oferecidos opções similares ou alternativas com tarifas superiores e o valor será informado previamente
– check-in 14h00 , check out 12h00
– este roteiro não está bloqueado e as reservas estão sujeitas a disponibilidades
– as tarifas estão sujeitas a aumentos de taxas e impostos
– a tarifa aérea doméstica pode aumentar entre a data da reserva e o dia da emissão quando for confirmado o pagamento.
– dietas com restrição devem ser informadas previamente ao solicitar a reserva
– gorjetas devem ser discretas, cada hospedagem poderá lhe orientar a respeito