Nepal & Butão – 16 Dias

Detalhes inicio

Kathmandu, Chitwan National Park, Dhulilkel, Thimphu, Punakha & Paro

Período: Consulte-nos!
Saídas: Diárias
Valores incluem: Parte Terrestre (Consulte a Parte Aérea)

1o dia – Kathmandu (Nepal)
Chegada de forma independente no Aeroporto de Kathmandu, recepção e traslado ao hotel.
Hospedagem por 2 noites, com café da manhã.
Centro político, comercial e cultural do Nepal, a cidade conta com um estilo arquitetônico único, com inúmeros palácios, belos e grandiosos templos e jardins que incitam a curiosidade de seus visitantes sobre a história e a cultura do país. Suas construções simbolizam as fortes raízes do hinduísmo e budismo, refletidos na cultura ainda viva séculos após sua fundação. A influência religiosa é visível em toda a cidade, população e tradições.

2o dia – Kathmandu
Pela manhã saída para sobrevoo (aproximadamente 1h) ao Monte Everest, montanha sagrada para os nepaleses e considerada o local mais alto da terra (Obs.: voo operado somente em condições climáticas adequadas). Durante o passeio é possível desfrutar de vistas impressionantes das cadeias de montanhas e seus picos cobertos de neve. Em seguida, visita ao Templo Pashupatinath, um dos locais sagrados para os seguidores do hinduísmo e também um dos templos de adoração do Deus Shiva. Por fim, visita a estupa de Boudhanath que além de ser o maior monastério budista do Nepal é, também, o templo budista tibetano mais sagrado fora do Tibet.

3o dia – Kathmandu – Chitwan National Park
Em horário apropriado, traslado ao Aeroporto de Kathmandu para embarque com destino ao Chitwan National Park. Chegada, recepção e traslado ao hotel. Hospedagem por 2 noites, com pensão completa.
Saída para safári fotográfico para apreciar as belezas naturais do país. Os safáris são orientados por guias especializados em vida animal e preservação da natureza. Em seguida, safári em canoa até a região onde os rios Rapti e Narayani se unem. Ao final do passeio, é possível organizar um piquenique para assistir ao pôr do sol nepalês.
Primeiro parque nacional do Nepal, criado em 1973, o Chitwan National Park recebeu o título de Patrimônio Mundial em 1984. Chitwan significa “coração da selva” e traduz a importância do local, rico em flora e refúgio de muitos animais ameaçados de extinção, como o rinoceronte de um único chifre indiano e o tigre de bengala. Localizada no sul do país, aos pés dos Himalaias, é um dos parques nacionais do Nepal onde é possível fazer safáris em carro aberto, de elefante ou de barco.

4o dia – Chitwan National Park
Em horário apropriado, saída para safári fotográfico para apreciar as belezas naturais do país. Os safáris são orientados por guias especializados em vida animal e preservação da natureza. Pela manhã experiência autêntica de vivência com o elefante asiático, incluindo oportunidade de se banhar com o animal nas águas do rio Rapti. No período da tarde, saída para aproveitar as diversas trilhas oferecidas na região.

5o dia – Chitwan National Park – Kathmandu – Dhulikhel
Em horário apropriado, traslado ao Aeroporto de Bharatpur para embarque com destino a Kathmandu.
Chegada, recepção e viagem com destino a Dhulikhel. Durante o percurso, parada para passeio em Bhaktapur, também conhecida como antiga cidade de Bhadgaon. Situada a 14km de Kathmandu, a cidade foi fundada no século 19, seu nome significa Cidade dos Devotos e apresenta fortes características medievais em suas construções. A cidade foi construída em forma de concha e sua principal indústria é a de produção de cerâmica. Chegada e hospedagem por 2 noites, com meia pensão.
O Dwarikas Resort, em Dhulikhel, é um refúgio em meio à natureza com belíssimas vistas dos Himalaias. Construído com base nos antigos ensinamentos locais de respeito ao ambiente e a si mesmo, o hotel propõe diversas atividades de contemplação e experiências de autoconhecimento através da ligação entre mente, corpo e terra.

6o dia – Dhulikhel
Sugerimos desfrutar das atividades oferecidas pelo Dwarika, como meditação, ioga, aula de culinária, artes e pinturas. É possível visitar as aldeias vizinhas que vivem próximas ao hotel. Há ainda a possibilidade de aproveitar os revigorantes tratamentos do Pancha Kosha Himalaia Spa, inspirados na sabedoria dos Vedas, medicinas budistas e ervas locais (tratamentos não incluídos).

7o dia – Dhulikhel – Kathmandu – Paro – Thimphu (Butão)
Em horário apropriado, traslado ao Aeroporto de Kathmandu para embarque com destino a Paro. Chegada, recepção e viagem com destino a Thimphu (em média 50km, aproximadamente 1h30 de viagem). Hospedagem por 3 noites, com pensão completa. Na chegada, sugerimos desfrutar dos revigorantes tratamentos oferecidos no spa que tem como inspiração os Himalaias (tratamentos não incluídos). Além de serviços personalizados, oferecem um refúgio elegante e natural para desconectar dos estresses da vida moderna. Capital do Butão e centro do governo, religião e comércio, Thimphu apresenta uma combinação única de desenvolvimento e herança histórica. É uma cidade tranquila, a qual se assemelha a uma vila. Além de atrativos históricos, Thimphu oferece agradáveis paisagens naturais devido a sua privilegiada geografia. Fica a 2.400 metros de altitude, em um vale fértil e verdejante.

8o dia – Thimphu
Em horário apropriado, visita aos principais atrativos de Thimphu. O passeio inicia-se em Buddha Point, maior estátua de Buda sentado no mundo, com aproximadamente 50m de altura e situada no topo de uma colina com vista para a cidade. Em seguida, visita ao National Memorial Chorten, belíssima estupa onde encontram-se muitas pinturas religiosas e complexas estátuas tântricas que refletem a paz e a ira das deidades budistas. Continuação e visita ao Textile Museum que conta a história e as técnicas de tecelagem locais e ao Folk Heritage Museum, réplica de uma fazenda tradicional que reflete como muitos agricultores viviam e ainda vivem no Butão. Por fim, visita National Library, onde estão inúmeros manuscritos, murais e pinturas religiosas.

9o dia – Thimphu
Em horário apropriado, saída com destino ao norte de Thimphu para visitar o Trashi Chhoe Dzong, local em estilo arquitetônico tradicional que concentra os poderes do governo e dos monges. Em seguida, visita a Pangri Zampa onde estão 2 escolas monásticas para astrólogos. À tarde, retorno à cidade para explorar as lojas de artesanato, desde a fabricação de papéis tradicionais até o incenso. Aos finais de semana, há a possibilidade de visitar aos mercados de artesanato e vegetais.

10o dia – Thimphu – Punakha
Em horário apropriado, viagem com destino a Punakha (em média 85km, aproximadamente 2h30 de viagem). Durante o percurso passeio a Chimi Lhakhang, também conhecido como Mosteiro da Fertilidade. Hospedagem no hotel por 3 noites, com pensão completa. Na chegada, sugerimos desfrutar da relaxante massagem facial no spa que utiliza ingredientes de origem local (tratamentos não incluídos). Antiga capital do Butão, localizado entre os rios Pho Chuu e Mo Chuu e próximo à parte leste do Himalaia, o Vale de Punakha, tem a atmosfera serena de uma cidade que carrega lembranças de um passado real. Punakha é famosa por seu clima acolhedor, onde árvores frutíferas prosperam sob a visão das neves das imensas montanhas. Aqui, a maioria dos passeios e visitas é feita a pé, uma vez que a cidade propicia uma incrível sensação de quietude aos que a exploram.

11o dia – Punakha
Em horário apropriado saída para trekking. No centro-oeste do país e aos pés da Cordilheira do Himalaia, a visita inicia-se no Khamsum Yuelley Namgyal Chorten, no topo de uma colina com visto panorâmica ao Vale de Punakha. Em seguida, visita ao Punakha Dzong, uma fortaleza que funciona como sede do governo para líderes políticos e religiosos do Butão. No período da tarde, sugerimos praticar o esporte nacional do país, o arco e flecha ou realizar uma aula de culinária com ingredientes e receitas tradicionais (atividades não incluídas).

12o dia – Punakha
Em horário apropriado, saída para trekking em Khuruthang, entre uma floresta de pinheiros e com vista para os vales de Toebesa, Punakha e angduephodrang ou, ainda, passeio de bicicleta ou trekking para explorar o vale de Punakha e suas longas e típicas pontes suspensas de ferro e madeira.

13o dia – Punakha – Paro
Em horário apropriado, viagem cênica com destino a Paro, descendo a montanha Dochu La e seguindo o curso dos rios Wang Chhu e Paro Chhu (em média 127km, aproximadamente 4h de viagem). Durante o percurso há a possibilidade de visitar algumas ruínas próximas ou visitar um dos mais antigos e sagrados monumentos religiosos da região. Hospedagem no hotel por 3 noites, com pensão completa. Paro é literalmente a porta de entrada do Butão, uma vez que o único aeroporto do país situa-se lá. A cidade, construída em meio a uma floresta de pinhos, é uma experiência encantadora para os visitantes e um dos pontos altos da viagem ao país. Além dos atrativos naturais, culturais e religiosos, exibe uma paisagem bucólica, com curiosas casas típicas espalhadas por todo o vale.

14o dia – Paro
Em horário apropriado, saída para visita ao National Museum que possui uma belíssima coleção de artefatos que oferecem uma boa introdução à rica cultura do Império. Em seguida visita ao Paro Dzong, principal fortaleza do país, muitas vezes utilizado para defender o Butão de invasões do Tibet, servindo atualmente como centro religioso, militar, administrativo e social dos distritos. A visita continua passando por Nyamai Zampa, famosa ponte e um dos marcos tradicionais da cidade. No período da tarde, diversas atividades podem ser realizadas como visita a Dumtse Lhakhang ou passeio pela rua principal de Paro e visita às lojas de artesanatos dos Himalaias.

15o dia – Paro
Em horário apropriado, saída para trekking (aproximadamente 5h) ao monastério Taktsang Lhakhang mais conhecido como Tigers Nest. Localizado a 3.120m de altitude, é considerado um dos lugares mais sagrados para o budismo tibetano e oferece vistas espetaculares do vale e dos encantos naturais que
circundam a região. A arquitetura ilustra a rusticidade e espiritualismo do povo e dos monges, em meio a paisagens exuberantes. Á noite, sugerimos aproveitar os revigorantes tratamentos oferecidos no spa que tem como inspiração o Tibet, como o banho de pedras quentes ou massagem de óleos quentes aplicados em pontos específicos para liberar bloqueios de energia (tratamentos não incluídos).

16o dia – Paro
Em horário apropriado, traslado ao Aeroporto de Paro e fim de nossos serviços.

HOTÉIS

Cidade

Hotel

Categoria

Tipo de acomodação

Noites

Kathmandu

The Dwarikas Hotel

Primeira Superior

Heritage Room

2

Chitwan National Park

Meghauli Serai – A Taj Safari Lodge

Primeira Superior

Meghauli Room

2

Dhulikhel

Dwarikas Resort Dhulikhel

Primeira Superior

Junior Suite

2

Thimphu

Amankora

Luxo

Suite

3

Punakha

Amankora

Luxo

Suite

3

Paro

Amankora

Luxo

Suite

3

? Todos os hotéis mencionados incluem taxas locais;

? O critério internacional de horários de entrada e saída de hotéis normalmente é: Check-in:  entre 15h e 17h  Check-out: entre 10h e 11h

Consulte-nos!

OS VALORES E DISPONIBILIDADES DOS PROGRAMAS CONTIDOS NESTE SITE DA ADVENTURE CLUB ESTÃO SUJEITOS A ALTERAÇÕES. (18)

O que Inclui:
– Café da manhã no The Dwarikas Hotel;
– Meia pensão (café da manhã e escolha de almoço ou jantar, sem bebidas) no Dwarikas Resort Dhulikhel;
– Pensão completa diariamente nos hotéis Meghauli Serai – A Taj Safari Lodge (sem bebidas), Amankora – Thimphu, Amankora – Punakha e Amankora – Paro, com seleção de bebidas (vinhos da casa, destilados e minibar);
IMPORTANTE: Refeições incluídas nas diárias são válidas de acordo com a política dos hotéis, nos restaurantes e horários pré-estabelecidos pelos mesmos. Solicitações a la carte ou room service (refeições no quarto) podem implicar custos adicionais. Refeições não consumidas não serão reembolsadas.
– 01 visto de entrada no Nepal, por pessoa, válido para uso único;
– 01 visto de entrada no Butão, por pessoa, válido para uso único;
– Traslados privativos de chegada e saída entre o Aeroporto de Kathmandu e o hotel, com motorista em idioma inglês;
– Traslados privativos de chegada e saída entre o Aeroporto de Bharatpur e o hotel, com motorista em idioma inglês;
– Traslados privativos de chegada e saída entre l o Aeroporto de Paro e os hotéis, com motorista em idioma inglês;
– Passeios em carro privativo, motorista, guia à disposição e entradas para monumentos visitados durante todo o percurso;
– 01 tratamento de spa por pessoa, no spa Amankora, com duração de 1h (apenas uma massagem por toda a viagem);
– Serviço de lavanderia nos hotéis do Butão;

Não Inclui:
– Passagens aéreas
– Despesas pessoais
– Qualquer item não especificado
– Refeições não mencionadas no roteiro

Documentação (portadores passaporte brasileiro):
Providencie a documentação necessária para a viagem:
– Documentos e Vistos para Nepal:
Recomendamos fazer cópias das 3 primeiras páginas do passaporte. Todos os documentos originais deverão ser transportados na bagagem de mão. As cópias dos documentos devem ser despachadas na bagagem.
A validade mínima do passaporte deve ser de 6 meses da data de embarque da viagem. O documento precisa ter, pelo menos, uma página e meia em branco (lado a lado) para cada país a ser visitado.. Alguns países possuem restrições para entrada de turistas e obtenção de vistos com passaporte de
emergência.
Portadores de passaporte brasileiro precisam de visto para visitar o Nepal. O visto é providenciado localmente, no momento do desembarque no aeroporto de Kathmandu. É necessário fornecer duas fotos (tamanho passaporte 5x7cm) e pagamento de taxa de US$ 25 por pessoa. Este valor está sujeito a alterações sem aviso prévio. O pagamento deve ser feito em dinheiro, portanto sugerimos levar o valor trocado. O visto para múltiplas entradas tem validade de 15 dias.
– Documentos e Vistos para Butão:
Recomendamos fazer cópias das 3 primeiras páginas do passaporte. Todos os documentos originais deverão ser transportados na bagagem de mão. As cópias dos documentos devem ser despachadas na bagagem.
A validade mínima do passaporte deve ser de 6 meses da data de embarque da viagem. O documento precisa ter, pelo menos, uma página e meia em branco (lado a lado) para cada país a ser visitado.. Alguns países possuem restrições para entrada de turistas e obtenção de vistos com passaporte de
emergência O visto é necessário. O fornecedor local providencia uma carta de aprovação de entrada no país, que deve ser apresentada a Druk Air (única cia aérea que entra no país) no momento do check-in.
Vacina: É necessária a l apresentação do certificado internacional de vacina contra febre amarela. A vacina deverá ser providenciada até 11 dias antes do embarque.

Importante:
– A Adventure Club não poderá se responsabilizar pela entrega de mercadorias compradas durante a viagem e que necessitem ser despachadas ao Brasil, seja através da loja onde o produto for adquirido, seja através do operador local, companhia aérea ou qualquer outro meio. A Adventure Club não se envolverá no processo alfandegário e no desembaraço de mercadorias no Brasil.
– Poderão ser solicitados no desembarque, bilhetes aéreos de ida e volta confirmados, fundos suficientes para a estada no país (dinheiro, travelers checks, cartão de crédito, etc.) e voucher de hotéis. A ausência de qualquer desses requisitos poderá acarretar problemas na imigração.
– Como eventos climáticos extremos (tempestades, alagamentos, furacões, erupções etc.) fogem do nosso controle, não podemos garantir o reembolso de hospedagens e serviços contratados (voos, traslados, passeios etc.) em caso de cancelamentos causados por estas condições.
– Menor de 18 anos viajando desacompanhado, precisa de autorização de ambos os pais ou responsáveis legais, com firma reconhecida por autenticidade. Caso o menor esteja viajando somente em companhia de um dos pais ou responsável legal, é necessária a autorização do ausente, também com firma reconhecida por autenticidade.

40% + 2 parcelas sem juros no cartão ou cheque.
Forma de pagamento válida para compra com até 90 dias de antecedência da viagem.

Assistência de viagem no Plano AC 250 com Seguro Cancelamento Múltiplos Motivos
Assist Card Múltiplos Motivos válido para todo o período da viagem – valores por pessoa, em dólares.
Consulte-nos sobre valores e condições.

Você também pode gostar