Irã

Melhor época Mar a Mai e Out a Dez
Roteiros inicio

O maior império do mundo antigo, a invasão árabe, os tapetes, a suntuosidade da dinastia Pahlavi (mais conhecido como os Xás) e a revolução islâmica. Polêmico e intrigante o Irã ainda desperta em muitos a imagem da guerra ou do terror. Muito, mas muito longe disso é um lugar de muita poesia, de extrema receptividade do seu povo e de uma história de riqueza e poder que atravessou 2.500 anos e ainda hoje se mantém viva.

O Irã está localizado no Sudoeste da Ásia, entre o mar Cáspio e o golfo Pérsico, e é o segundo maior produtor de petróleo da região. Em 1935 o governo iraniano solicitou aos governos estrangeiros que passassem a chamá-lo de Irã e não de Pérsia, como as nações ocidentais o designavam.

Viajar para o Irã é conhecer a fundo um país que possui um povo fascinante, que conserva antigas e sofisticadas tradições, apesar de ter também uma imagem negativa no cenário internacional, por conta da longa guerra contra o Iraque (1980 – 1988), ao fanatismo sectário, agravado depois da revolução islâmica de 1979, que levou ao poder o aiatolá Ruhollah Khomeini (1902-1989), e ao seu programa nuclear.
À medida que se visitam cidades como Esfahan ou Tabriz, nos Montes Zagros, ou os desertos de Kerman, um Irã desconhecido vai se revelando. Trata-se de um país onde a herança dos antigos persas convive com a dinamicidade de cidades como Teerã.

O Irã possui uma grande extensão territorial, o que faz com que tenha uma grande diversidade climática. O inverno entre Dezembro e Fevereiro pode ser bem frio em Teerã e na região. Enquanto o Verão, de Junho a Setembro, possui temperaturas bem quentes, acima dos 40 graus. Assim, opte os meses de Primavera entre Março e início de Maio, e durante o Outono no fim de Outubro ao início de Dezembro para visitar o país. Evite o período do Ramadá, no segundo semestre, quando alguns serviços podem ser suspensos.