Belém & Ilha de Marajó:
Workshop de Fotografia

Permânencia 8 Dias
Período 22 a 29 Out 2018
Detalhes inicio
Saída: 22/10/2018
Valores Incluem: Parte Terrestre (Consulte a Parte Aérea)
A partir de: R$ 6.610,00 Solicitar Cotação

Workshop de fotografia com Valdemir Cunha de 22 a 29 de Outubro de 2018

Belém é a primeira cidade da Amazônia brasileira a ser fundada pelos portugueses, em 1616. Sua história é facilmente captada pelas lentes dos fotógrafos pois tem protegido seu patrimônio arquitetônico e etnográfico ao longo dos tempos.
Em meados do séc XIX a cidade viveu sua Belle époque com alto desenvolvimento da cultura e da economia em função do comércio da borracha, deixando um legado de prédios luxuosos e influência estrangeira devido as levas de imigrantes atraídos pelas oportunidades de trabalho. Um dos aspectos característicos da arquitetura civil de Belém é o uso intensivo de azulejos nas fachadas. O Mercado Ver-o-Peso é um dos pontos altos durante a visitação à capital paraense, onde todos os ingredientes da gastronomia amazônica podem ser encontrados. O artesanato em cerâmica é outro atrativo especial, influência dos povos da floresta, assim como o Museu Emilio Goeldi e seu excepcional acervo.

Ilha de Marajó é considerada a maior ilha fluviomarinha do mundo por ser banhada pelos rios Tocantins, Amazonas e pelo oceano Atlântico. Dividida em 12 municípios pontilhados por matas, rios, campos, mangues e igarapés, forma um cenário perfeito para quem pretende desvendar um pedaço quase intacto da selva amazônica. É acessível a partir de Belém, de onde parte o barco rumo à Soure, a “capital” da ilha, alcançada depois três horas de navegação.
Os principais atrativos da ilha, além da floresta e seus igarapés, são as revoadas de guarás e as comunidades ribeirinhas que vivem da pesca de subsistência e há mais de um século criam búfalos para o trabalho de campo, produção de leite e carne. A cerâmica dos índios marajoaras é outra expressão simbólica da ilha e sua produção pode ser facilmente fotografada em ateliês de artistas que vivem na ilha.

Valdemir Cunha é renomado fotógrafo brasileiro, já publicou 11 livros entre eles Pantanal, O Último Éden (DBA, 2007), Brasil Natural (Editora Origem, 2011), Serra da Mantiqueira (Editora Horizonte, 2012) e Viagem à Bahia de Jorge Amado (Editora Abril, 2012). Jornalista e fotógrafo especializado em cultura brasileira, conduz workshops de fotografia há mais de 10 anos. Além de orientação no campo, auxilia na edição das imagens com a dedicação de um professor que ama ensinar fotografia.

  • 2-ilhamarajo-2

DIA

Chegada em Belém – Pará

Recepção no Aeroporto Internacional de Belém (BEL), traslado para o Hotel Atrium Quinta de Pedras. Checkin e acomodação. Encontro do grupo às 18h30 para reunião para aula referencial com apresentação de trabalhos de Luiz Braga, Miguel Chikaoka e Paula Sampaio – três grandes nomes da fotografia do Norte do país. Saída para jantar (não incluso) às 20h30 na pizzaria Xícara da Siva com sabores tradicionais e regionais em ambiente arborizado. Ou no Restaurante Remanso do Bosque do premiado chef Thiago Castanho. Retorno para o hotel e pernoite.


DIA

Belém - Feira do Açaí, Mercado Ver-o-Peso, Expedição de barco e Fabricação de Chocolate

Saída do hotel bem cedo, por volta das 3h, para acompanhar a chegada dos produtores na Feira do Açaí. São diversos barcos chegando trazendo centenas de cestas com as frutas que são comercializadas em Belém e cidades do interior do Pará. Passeio guiado pelos diversos setores (frutas, artesanato, peixes, carnes, etc).Retorno para o Hotel para café da manhã em torno das 07h30 e descanso. Partida às 10h30 para o terminal hidroviário e embarcar em um barco privativo para passeio pelas ilhas próximas a Belém, na baía de Guajara. Primeira parada em uma das ilhas para almoço (incluso) em restaurante local. Logo após, seguimos navegando com destino à Ilha do Combu para apreciação da confecção do chocolate artesanal da Dona Nena. Retornamos pela orla de Belém apreciando o pôr do sol a partir da embarcação. No final do dia, após escurecer, desembarcamos na Estação das Docas para jantar (não incluso). Traslado de retorno para o hotel em Belém e pernoite.

Incluso:Café da manhãAlmoço

DIA

Belém / Ilha do Marajó - Ateliê de Cerâmica Marajoara – Observação de Guarás

Check-out no hotel e traslado até o Terminal Hidroviário da cidade, onde embarcaremos em barco regional regular ou catamarã (dependendo da operação das embarcações em Outubro de 2018) para viagem rumo à Ilha do Marajó. Desembarcaremos no porto de Camará, recepção pela nossa equipe local e transfer para o hotel na pequena cidade de Soure (aproximadamente 40 minutos). Caso o catamarã esteja disponível, a chegada é diretamente no porto de Soure. Check-in na Pousada O Canto do Francês e almoço (incluso).

A tarde, visita ao ateliê do artesão Ronaldo Guedes de cerâmica marajoara para fotografar todo o processo de manuseio do barro. É possível colocar a mão na massa (ou melhor, no barro!) e participar de uma oficina com a equipe. Após a atividade de cerâmica seguiremos para uma fazenda próxima para observação dos guarás vermelhos, típicos da região. Será a primeira oportunidade para fotografar os pássaros na ilha. Pernoite em hotel em Soure.

Incluso:Café da manhãAlmoço

DIA

Comunidades marajoaras: Vila do Pesqueiro

Café da manhã e saída cedo do hotel para conhecer uma típica comunidade marajoara de pescadores. Passeio a pé pela Vila do Pesqueiro para fotografarem as casas, espaços de convivência e a praia da região. Faremos um passeio em canoas pelos igarapés da região – ótimo para fotografar a natureza e, possivelmente, alguns animais. Intervalo para almoço na comunidade (incluso). Na parte da tarde, encontraremos com dois moradores da comunidade que nos conduzirão pelos mangues para a coleta e extração do turu, um molusco que vive nos troncos do mangue e é usado localmente em diversos pratos. Retorno para o hotel ao final do dia. Pernoite em hotel em Soure.

Incluso:Café da manhãAlmoço

DIA

Curtume / Vila do Céu / Avistagem de Guarás

Café da manhã no hotel e saída para conhecer um curtume marajoara onde são produzidas peças com couro de bois e búfalos. De lá, partiremos para a Vila do Céu, outra simpática e pacata vila de pescadores de frente para o mar. Conheceremos um pouco da vila, seus habitantes e almoçaremos no recém-inaugurado restaurante gerido pela associação local (incluso). Tempo para fotografar a grande extensão de praia sempre deserta. No meio da tarde, início do retorno para o hotel passando por outra área de fazenda para segunda oportunidade de fotografias dos guarás. Pernoite em hotel em Soure.

Incluso:Café da manhãAlmoço

DIA

Fazenda Sanjo

Antes do amanhecer sairemos para uma visita à uma tradicional fazenda da região, a Sanjo. Local onde a principal atividade é a criação de búfalos e cavalos. Para chegar na Sanjo viajaremos em canoas voadeiras por 50 minutos em média. O café da manhã será oferecido durante a viagem. Durante o dia acompanharemos os vaqueiros pelas pastagens com intuito de obter um registro legítimo do manejo com os animais. Ambiente com sombra e água fresca será oferecido para descanso durante os momentos de fotografia. O almoço será servido na fazenda. Final da tarde retornaremos com as lanchas para Soure para pernoite na cidade. O último jantar na ilha será preparado pela cozinheira Dona Rosa, famosa pelos saborosos banquetes marajoaras. Pernoite em hotel em Soure.

Incluso:Café da manhãAlmoçoJantar

DIA

Queijaria / Belém

Após café da manhã no hotel conheceremos o processo de produção do queijo marajoara. Acompanharemos a ordenha manual das búfalas e a produção do queijo numa cozinha rústica que servira de cenário para lindas fotografias do queijo sendo cozido e moldado. Esta é uma iguaria apreciada por todos visitantes e moradores de Soure e importante fonte de renda da família que visitaremos. Após almoço, saída com destino ao porto para embarque em barco regional com destino a Belém. Chegada já no final do dia, desembarque no Terminal Hidroviário e traslado até o hotel. Pernoite no Hotel Atrium Quinta de Pedras, em Belém.

Incluso:Café da manhãAlmoço

DIA

Belém*

Café da manhã no hotel, check-out e traslado em micro-ônibus privativo para o grupo de acordo com o horário do vôo. Fim de nossos serviços.

Incluso:Café da manhã

VALORES POR PESSOA EM REAL

Hospedagem Quádruplo Triplo Duplo Single CHD Validade
Acomodação dupla - - R$ 6.610 - - -
Adicional para apartamento individual - - - R$ 1.120 - -

Taxa de Reserva: R$ 1.000,00 via depósito bancário

Saldo final: Parcelado no cartão ou via transferência bancária em 6x de R$ 935,00 com pagamentos de Abril à Setembro de 2018.

Os valores são para hospedagem em apartamento duplo. Em caso de não haver uma companhia para dividir o apartamento duplo, será necessário pagar uma taxa no valor
de R$1.120,00 para acomodação em single.

OS VALORES E DISPONIBILIDADES DOS PROGRAMAS CONTIDOS NESTE SITE DA ADVENTURE CLUB ESTÃO SUJEITOS A ALTERAÇÕES. (60)

Forma de pagamento
30% de entrada  e saldo parcelado em até 10 dias antes do check-in

O valor inclui:
– Traslados privativos para o grupo em micro-ônibus: Aeroporto/Hotel/Porto/Hotel/Aeroporto em Belém;
– 03 noites de hospedagem com café da manhã no Hotel Atrium Quinta de Pedras, em Belém;
– Dia completo de passeios em Belém incluindo Feira do Açaí, Mercado Ver-o-Peso e expedição em barco pelas ilhas da Baía de Guajará;
– 03 seguranças para acompanhar o grupo na feira do açaí;
– Passagens em barco regular ou catamarã: Belém/Ilha de Marajó/Belém – o tipo de barco depende da disponibilidade na data da viagem;
– Traslados terrestres privativos em micro-ônibus e barcos na Ilha de Marajó;
– 04 noites de hospedagem com café da manhã na Pousada O Canto do Francês, em Soure;
– Expedição fotográfica a Ateliê de Cerâmica Marajoara com oficina e ao Curtume Marajoara;
– Canoagem pelos igarapés fotografando coleta de Turu nos mangues;
– Expedição fotográfica na Vila do Céu com almoço;
– Dia completo de imersão na fazenda Sanjo para fotografar manejo de búfalos e vida selvagem;
– Visita a fazenda para fotografar o processo de produção do queijo marajoara;
– Acompanhamento de um anfitrião durante toda a viagem;
– Seguro Viagem.

O valor não inclui:
– Passagens aéreas;
– Almoços nos dias 23 e 29/10 + Jantares nos dias 23, 24, 25, 26 e 28/10
– Seguro de equipamentos fotográficos;
– Demais itens não citados acima.

Condições de operação:
Para que o workshop de fotografia aconteça, é necessário o número mínimo de 12 (doze) alunos pagantes inscritos. Caso esse número não seja atingido, haverá o cancelamento do evento e devolução integral do valor depositado.

 

Você também pode gostar