Pacote de viagem para
Cuba

Melhor época Novembro a Abril
Roteiros inicio

Viajar a Cuba não é sonhar, embora o pareça. Chegar é fazer uma segunda viagem de descobrimento, mas não em navios à mercê de ventos. Também não é aceitar por casualidade, mas ir direto para um pequeno mundo de contrastes, com uma natureza única e maravilhosa. É conhecer pessoas simpáticas, seus anseios e realidades. Não é imaginar. O mundo de hoje dá pouca margem para fugir e descansar. E isso talvez seja o melhor de Cuba: ser um grupo de ilhas, praias, florestas e cidades por descobrir.

O sol brilha a maior parte do ano em Cuba. Com um clima tropical e temperatura média de 25ºC o destino é muito agradável para quem gosta de calor e praia, mas que também não abre mão de conhecer a cultura local em suas viagens. A melhor época para conhecer o país é entre Novembro e Abril, durante o inverno cubano há menor probabilidade de chuvas e os termômetros permanecem altos.

Melhor Época de Viagem para Cuba

O sol brilha a maior parte do ano em Cuba. Com um clima tropical e temperatura média de 25ºC o destino é muito agradável para quem gosta de calor e praia, mas que também não abre mão de conhecer a cultura local em suas viagens. A melhor época para conhecer o país é entre Novembro e Abril, durante o inverno cubano há menor probabilidade de chuvas e os termômetros permanecem altos.

Roteiros de viagem para Cuba

Fantasia Cubana

Periodo:
9 Dias | Até 19 Abr 2019
A partir de:
U$ 2.047,00

Cores e Aromas de Cuba

Periodo:
10 Dias | Até 19 Abr 2019
A partir de:
U$ 2.574,00

Paixão por Cuba

Periodo:
12 Dias | Até 15 Abr 2019
A partir de:
U$ 3.663,00

A Lo Cubano

Periodo:
8 Dias | Até Out 2019*
A partir de:
U$ 2.980,00

Cuba Boutique

Periodo:
7 Dias | Até Out 2019*
A partir de:
U$ 3.100,00

IDIOMA OFICIAL : Espanhol
MOEDA : Peso Cubano e Peso Convertível
FUSO HORÁRIO: – 1hora em relação ao horário de Brasília
CAPITAL: Havana
VOLTAGEM : oficialmente é 110v mas em alguns hotéis e casas pode ser 220v. Consulte no local.
CÓDIGO TELEFÔNICO: +53

DICAS DE VIAGEM:
Gastronomia: A culinária cubana é conhecida como cozinha crioula por ter influência, principalmente dos espanhóis e africanos, mas os franceses, árabes e chineses também merecem destaque. Apesar do prato típico da região ser o Arroz Congrís, que é arroz com feijão vermelho, o seu preparo e tipo de tempero são diferentes do tradicional prato brasileiro. Tem também o Ajiaco, que é uma sopa a base de batata, frango e milho; e o Chicharrones, que é basicamente o torresmo brasileiro, feito de carne de porco frito com pele cortado em cubos. Este último pode ser servido de acompanhamento com o Arroz Congrís ou até mesmo cozido junto com o arroz. Em questão das bebidas típicas cubanas, tem o Daiquiri, que é um coquetel feito com rum, suco de lima, muito gelo, e açúcar ou xarope; o Canchánchara é um drink composto de rum de cana-de-açúcar, mel e suco de limão; o Mojito e o café expresso cubano.

Cultura:
Cuba é um país multicultural e assim, sua cultura sofre influências de diversos lugares, principalmente dos espanhóis e africanos. A música cubana se destaca ao som da rumba, conga, mambo, entre outros. Já na dança se destaca o bembé e o caringa. O Carnaval de Cuba é uma ótima oportunidade para conhecer os vários estilos de música, dança e folclore do país. Os carnavais acontecem por toda Cuba no final de Julho, mas os mais famosos são o de Havana e Santiago de Cuba.

Principais atrativos: Centro histórico de Havana conhecido como Havana Vieja, Capitólio, Paseo de Martin (rua que liga Havana Vieja e Capitólio), Plaza e Memorial de la Revolución Cubana, pequena ilha Cayo Largo, a cidade colonial a beira mar de Trinidad, Cienfuegos a Pérola do Sul, Santa Clara uma das mais belas cidades da ilha com arquitetura e edifícios bem preservados.

Passeios imperdíveis: Andar por Havana Vieja e conhecer as comidas, a música, a arte e a arquitetura cubana. Experimentar um daiquiri no bar La Floridita, um mojito no Bodeguita del Médi e o famoso charuto cubano. Além de conhecer as maravilhosas praias da região.

Segurança: Cuba é considerado um lugar seguro, porém é necessário prestar atenção em seus pertences, pois como em todo lugar, podem acontecer furtos. O número de emergência local para acionar a polícia, bombeiro ou emergência médica é 106 (veja que é obrigatório ter o Seguro de Viagem que tenha assistência médica válida para o país). Existem dois tipos de moedas que circulam no país, então é necessária uma atenção maior para qual moeda você está dando e qual está recebendo.

 

 

 

DOCUMENTOS:
– Brasileiros necessitam de visto para entrada em Cuba (tarjeta turística). Pode ser emitida no aeroporto pela companhia aérea com apresentação do passaporte válido e pagamento da taxa. Também pode ser solicitado ao Consulado de Cuba, o processo pode ser mais burocrático.
– Necessário passaporte original com validade mínima de 6 meses (contando a data de volta da viagem) e 2 folhas em branco para o carimbo de entrada e saída.  Condições no Portal Consular do Itamaraty : http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/tabela-de-vistos-para-cidadaos-brasileiros
– Desde 2010 é obrigatório viajar com um Seguro de Viagem que inclua assistência médica válido em Cuba
– Outros vistos: dependendo dos países de conexão ou escala utilizados na rota dos voos reservados, outros vistos poderão ser exigidos.
– Menores de 18 anos viajando desacompanhados – autorização por semelhança* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe ou acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por semelhança* do genitor que não viajará.
* Firma reconhecida por semelhança: significa que a assinatura de ambos os pais no documento de autorização pode se dar por meio do reconhecimento de firma já registrada em cartório.

VACINAS:
– É obrigatória a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela emitido com pelo menos 10 dias antes do embarque. Consulte o país de destino (http://www.anvisa.gov.br/viajante/)
– Verifique o procedimento para a emissão do Certificado (http://portal.anvisa.gov.br/certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia)

Importante : 
– Aeroportos NÃO aplicam a vacina, somente emitem o Certificado e mediante comprovação da aplicação da dose inteira.
– A documentação de viagem é de responsabilidade dos passageiros e devem ser reconfirmadas junto aos Consulados e Cia. Aérea a cada viagem.

Nome: Cinthia Castro e Família
Data: 18/01/2017

Destino: América Central – Pacote de Viagem para Cuba

Mensagem:
Cuba é atravessar o túnel do tempo!

Ver aquela arquitetura e aqueles carros rodando pelas ruas é inacreditável.

Uma refeição no La Guarida, um restaurante 5 estrelas num palacete em restauração foi uma experiência única.

E Cayo Largo tem a praia de Sirena com uma água azul e areia tão branca q até dói a vista, paradisíaca! Adoramos!

Receptivo excelente, pontual e eficiente. Natasha q nos atendeu é uma simpatia.

Pontos negativos: A cidade está empobrecida, vimos muitos edifícios maravilhosos se deteriorando, mas não vimos mendigos pedindo dinheiro e a cidade de Havana é muito mais segura do que São Paulo, sem dúvida.

A comida de um modo geral é regular, mas se percebe que não há variedade pq faltam matérias primas.

O povo é educado mas o brasileiro é muito mais acolhedor.

Não espere comprar NADA lá, pq nao há lojas, o comércio é praticamente inexistente. Só há charutos, rum e banquinhas de artesanato, com aquelas quinquilharias pra turista.


Nome: Vera Iris
Data: 01/04/2016

Destino: América Central – Pacote de Viagem para Cuba

Mensagem:
Amanda e amigas…

Tudo bem?

Voltei de Cuba no domingo… Foi uma viagem especial , inédita, inusitada e muito diferente de tudo que já fiz. Gostamos muito mas ainda estou impactada com tanta coisa para pensar , refletir, rever.

É um pais – pelo pouco tempo que fiquei e que observei com meu olhar de jornalista – de contrastes e contradições. Que tem um povo gentil, educado, generoso, puro , simpático e alegre. Que tem zero por cento de analfabetos, mas os jovens profissionais como engenheiros, professores, historiadores, não tem empego, nem onde trabalhar, a não ser que sejam guias de turismo, garçons, motoristas de táxis, recepcionistas de hotéis de luxo…. Um pecado!

É um país que tem três resorts de alta qualidade profissional com serviços excelentes num paraíso chamado Cayo Largo mas para se chegar tem que se submeter a um aéreo precário, inconstante , cheio de surpresas e sustos : viajamos de helicóptero da força aérea russa de 1950, com 18 lugares, no meio da noite. Fui rezando os 50 minutos de vôo. Na volta conseguimos vir de aviãozinho, um pouco melhor apenas.

Turistas comem muito bem nos restaurantes modernos, com atendimento super profissional, pratos deliciosos, ambiente confortável, mas sabemos que o povo cubano pena para comer razoavelmente , que quando os ovos chegam à Ilha precisam correr para as filas e tentar comprar ( bem baratinho) uma quantidade suficiente para durar pelo menos um mês. Aliás, um jovem cubano, me disse que Cuba é o país das colas ( filas). O povo tem tudo gratuitamente ou por um preço bem baixo, mas enfrenta filas enormes em farmácias, hospitais, pontos de ônibus, mercados, bancos, postos telefônicos etc.

E a Internet ? O que é isso ? agora, está se tornando um must na Ilha – com pontos pela cidade onde os jovens conseguem ficar uma hora no wi fi, buscando referencias do mundo do lado de lá. Caríssima para eles. E de qualidade variavel.

Enfim, algumas impressões que estou ainda elaborando porque essa viagem mexeu muito comigo.

Quero agradecer vocês pela serviço pois deu tudo super certo. Com certeza, gostaria de ter ficado mais dias no Hotel Nacional, que muito me emocionou ao entrar. Uma pena que não deu.

Nada a reclamar do atendimento da Adventure Club. Muito obrigada.

Estou à disposição para qualquer coisa que precisarem.

Um abraço a todas e até a próxima viagem. Vera Iris