Adventure Club
+55 11 5573-4142

Rota 174: do Amazonas à Roraima

Permanência 11 dias
Período Jan a Dez
Detalhes inicio
Saída: Consulte-nos
Valores Incluem: Parte Terrestre (consulte-nos parte aérea)
A partir de: Consulte Solicitar Cotação

Amazonas e Roraima

É preciso muito mais do que alguns dias para visitar a imensidão Amazônica e compreender o seu modo de vida, seus costumes, sua forma de ver a vida e a realidade das pessoas que vivem em harmonia com esse bioma tão importante do nosso planeta. Por isso, esta não é uma viagem comum. A nossa proposta é oferecer uma pequena amostra em vivências de experimentos dos gostos regionais, do jeito do povo, suas histórias e descobrir que a vida pode ser feliz sob uma ótica muito mais simples do que podemos imaginar.
É uma viagem repleta de atrativos naturais, culturais, culinários, sem falar na exuberante biodiversidade da Amazônia, passando pela maior floresta do mundo, cruzando a Reserva Indígena Waimiri-Atroari. Depois entrar pelos cerrados de Roraima e ter a oportunidade de conhecer uma região com forte influência indígena e cabocla na medida que se avança para o seu interior.
É um roteiro intenso, apaixonante, cheio de magia, temperado pela alegria e hospitalidade do povo do norte, num percurso que liga a cidade de Manaus (Amazonas-AM) à cidade de Pacaraima (Roraima-RR), ao longo de 1.100km pela BR-174, sendo que ao final da expedição, o trecho total será de quase 3.000km rodados. A BR-174 liga o hemisfério sul ao hemisfério norte, onde está a única capital brasileira totalmente acima da linha do Equador.

Diferenciais Adventure Club
– todos os nossos programas contribuem com uma ação social no Brasil do qual somos parceiros. É uma forma de trocarmos e agradecer pela recepção do turismo local.

Adventure Members – Um novo jeito de planejar sua viagem:
Ainda está incerto sobre a data da viagem?
A Adventure Club criou um programa exclusivo de troca de pontos por viagens, é uma ótima forma de começar os planos da sua viagem através de poupança, sem se prender com as datas ou destinos.
Os pontos não expiram e ainda podem ser transferidos de uma pessoa para outra, também é uma oportunidade incrível de presentear e surpreender alguém especial que goste de viajar e esteja em busca de novas aventuras.
Se você gostou e desejar saber mais sobre, clique aqui.

  • rota-174-boa-vista-galeria
  • comunidade-indigena-manaus-galeria
  • pres-figueiredo-galeria
  • rota-174-waimiri-atroari-galeria
  • rota-174-boa-vista-river-tour-galeria
  • rota-174-comunidade-bananal-galeria
  • rota-174-tepequem-galeria
  • rota-174-fronteira-brasil-e-venezuela-galeria
  • rota-174-grupo-galeria
  • br-174-galeria

DIA

Chegada em Manaus

Chegada no aeroporto, recepção e transfer para o hotel.


DIA

Manaus: Teatro Amazonas, Largo de São Sebastião, Mercado Adolpho Lisboa

Manhã livre. As atividades têm início às 14hs, no hotel em Manaus.
A porta de entrada da Rota 174 é Manaus, a capital da maior floresta tropical do mundo. Uma cidade com boa rede hoteleira, um conjunto arquitetônico histórico de valor inestimável.
Uma grande surpresa em relação a Manaus é a riqueza da sua herança. Sendo principal produtor mundial de borracha entre 1880 e 1910, tornou-se uma das cidades mais ricas e modernas do Brasil na época. Esta riqueza se refletiu na construção de ícones arquitetônicos como o Mercado Adolpho Lisboa e o Teatro Amazonas que está localizado no Largo de São Sebastião, um dos melhores locais da cidade com bares, museus e apresentações culturais de música e dança ao ar livre. Um lugar para desfrutar, caminhar e tirar fotos.
Nesta tarde, visitaremos todos estes atrativos.
Noite Livre. Aproveite para desfrutar de agradáveis momentos no Largo de São Sebastião.

Obs: O Teatro e Museus não abrem às segundas feiras.

Incluso:Café da manhã

DIA

Manaus / Presidente Figueiredo

Café da manhã e check-out. Embarcaremos rumo ao Porto, e depois pelo rio Negro em direção ao Encontro das Águas, um dos mais belos mistérios da natureza, onde o rio Negro deságua no rio Solimões e caminham paralelamente por mais de 06km sem que suas águas se misturem. Nessa área é possível que vejamos botos acompanhando o passeio.
Navegaremos pela margem esquerda do rio Amazonas em direção ao Janauary, um conjunto de terras de várzea banhada pelos rios Amazonas e Negro, que sustentam comunidades ribeirinhas que habitam palafitas e casas construídas sobre troncos flutuantes, que incluem habitações, escolas, igrejas e comércios. Aqui também realizaremos um almoço regional em restaurante flutuante e poderemos conhecer o Pirarucu, o maior peixe de água doce do mundo. Visitaremos uma comunidade onde será representado ritual indígena de cantorias e danças que retratam sua cultura. Ótima oportunidade para adquirir artesanato e lembranças indígenas.
Retorno à Manaus previsto para às 15h30 e seguiremos direto pela BR-174 até Presidente Figueiredo. Check-in e pernoite.

Incluso:Café da manhã
4° e 5°
DIA

Presidente Figueiredo

Florestas, rios, cachoeiras, cascatas e grutas são algumas das atrações. Nesse pedaço de paraíso amazônico estão algumas reservas ecológicas. Existem muitas trilhas pela mata, propiciando um contato direto com a natureza, um ótimo ambiente com cenários maravilhoso para registros fotográficos.
Atrativos a serem visitados:
– Caverna Refúgio do Maroaga;
– Cachoeira do Santuário;
– Cachoeira de Iracema;
– Cachoeira das Araras;
– Salto do Ipy;
– Cachoeira do Mutum.

Incluso:Café da manhã

DIA

Presidente Figueiredo / Boa Vista

Embarque com destino à Boa Vista, com passagem dentro da Reserva Indígena Waimiri-Atroari.
Cruzaremos a Linha do Equador, onde o Marco Divisor se encontra no município de Rorainópolis. Segundo exotéricos, neste local paira uma grande magia, que mexe com a imaginação de quem o visita. Há que se experimentar para comprovar.
A chegada em Boa Vista será no final do dia, onde serão levados para o hotel. Noite livre.

Incluso:Café da manhã

DIA

Boa Vista: City Tour e River Tour pelo Rio Branco

Pela manhã faremos o city tour, momento de conhecer a história de Boa Vista, capital de Roraima, estado que faz fronteira com a Venezuela e Guiana. Boa Vista é uma cidade distante do eixo turístico tradicional do Brasil, por isso pouco conhecida, mas muito interessante quanto a sua arquitetura modernista, com grandes avenidas, praças, muito bem organizada e urbanizada. É banhada pelo famoso Rio Branco, que passa ao lado da cidade e que faremos um passeio.
No fim da tarde iniciamos o river tour pelo Rio Branco. Será um espetáculo esse passeio de barco, onde se pode observar à beira-rio, as casas das famílias tradicionais que se encontram na cidade desde muito tempo, além de apreciar o pôr do sol no Rio Branco.
Mais tarde, convidamos para um happy hour com city tour by night. Boa Vista é uma cidade linda e o passeio noturno é de brilhar os olhos e de se surpreender a cada esquina. Ao final retorno para o hotel.

Incluso:Café da manhã

DIA

Boa Vista / Pacaraima

Pela manhã, iremos para Pacaraima (cidade que faz fronteira com o Brasil), onde almoçaremos. Trocamos de veículos para tração 4×4 e partimos em direção à Comunidade de Paraitepuy, com vista para um dos maiores espetáculos da natureza: o Monte Roraima. No retorno passaremos pelo Mirante do Jurassik Park (local onde foram filmadas as cenas iniciais do filme).
Este dia fica condicionado à normalidade de passagem pela fronteira para se chegar até Santa Elena de Uairén e Gran Sabana, de onde se acessa a Comunidade Indígena de Paraitepuy e o Monte Roraima. Em caso de estar inadequado ou inacessível, segue-se direto para a Comunidade do Bananal, para viver uma experiência agradável e conhecer o modo de vida deles, e conhecer um pouco da sua realidade.
De volta, iremos dormir em Pacaraima, com chegada prevista para o final do dia.

Incluso:Café da manhã

DIA

Pacaraima / Amajari / Tepequém

O dia começa na Comunidade Indígena do Bananal, com apresentação da comunidade, conhecimento da história e cultura local, convivência com os moradores. Em seguida iremos para a Serra do Tepequém (ou “Chapéu Grande”, como é chamado pelos índios), no município do Amajari. No caminho para a Serra, a paisagem vai mudando, o cerrado e os igarapés que lembram o Pantanal vão, aos poucos, cedendo lugar à mata fechada. Entre a capital Boa Vista e a Serra do Tepequém, está a sede da cidade de Amajari, mais conhecido por Vila Brasil, um bom retrato da maioria dos municípios de Roraima. Reunir-se com os moradores locais para ouvir as histórias dos antigos garimpeiros que trabalhavam na região, pode ser muito rico culturalmente.
O Tepequém foi cenário principal do período econômico mais importante para o Estado de Roraima, caracterizado pela exploração de ouro e diamantes. O lugar ficou marcado pelos vários cursos de rios alterados pela lavra, mas também pela presença de uma população que mantém as referências dessa história. A Serra também apresenta diversas atividades ligadas ao ecoturismo. Já a Vila do Paiva é cheia de lendas, histórias e cultura, um lugar para curtir com a família e amigos as belezas naturais. Existem mais de 20 atrativos naturais possíveis de visitar na região do Tepequém. São necessários muitos dias para conhecer uma boa parte. Neste tour, mostraremos os locais mais acessíveis e mais visitados.

Incluso:Café da manhã
10°
DIA

Serra do Tepequém

Na Serra do Tepequém visitaremos o Mirante e a Cachoeira do Paiva, uma das mais bonitas da região. Também conheceremos a Cachoeira do Barata, outro lugar muito bacana, formando uma linda piscina natural que nos dias de sol fica verdinha. E para finalizar o tour, passaremos pelas Corredeiras do Cabo Sobral e o Rio Preto.

Incluso:Café da manhã
11°
DIA

Serra do Tepequém / Amajari / Boa Vista

Pela manhã, retorno para Boa Vista, com chegada prevista para as 12hs. Check-in no hotel. Tarde e noite livre.
Final de viagem da Rota 174 em Boa Vista-RR.

Obs: Transfer out nesta noite ou no dia seguinte, conforme horário de voo. Para maior segurança recomendamos dormir em Boa Vista e pegar o voo no 12° dia da programação.

HospedagemQuádruploTriploDuploSingleCHDValidade

Formas de Pagamento:

– No Cartão: Entrada de 30% (transferência bancária ou Pix) + 3 parcelas iguais nos cartões Visa, Mastercard e Diners.
O Cartão de crédito deverá ser do próprio passageiro ou de parente em primeiro grau, com o mesmo sobrenome;

– Os valores e disponibilidades dos programas contidos neste site estão sujeitos a alterações. (11)

O programa ideal para você:
– Valores sob consulta.
– Saídas garantidas com mínimo de 5 participantes;
– Consulte nossa equipe para suplemento de apto single.

Datas de Saída 2022:
Consulte nossa equipe.

Inclui:
– Receptivo na chegada e na saída;
– Guia;
– Transportes terrestres/fluviais;
– Hospedagens em apartamentos duplos com café da manhã:
– 02 noites em Manaus;
– 03 noites em Presidente Figueiredo;
– 03 noites em Boa Vista;
– 01 noite em Pacaraima;
– 02 noites na Serra do Tepequém;

Não inclui:
– Bilhetes aéreos;
– Alimentação e bebidas (almoços e jantares);
– Seguro-viagem*;
– Passeios não descritos no roteiro;
– Despesas pessoais.
*O Seguro viagem é obrigatório para cada viajante, e a Seguradora é de livre escolha. Caso queira a Adventure Club pode fechar este serviço.

Informações Adicionais:
– Para quem desejar quarto individual nas hospedagens, consulte-nos sobre o valor adicional.
– Consulte nossa equipe sobre política de criança.
– Os grupos podem ser privativos ou abertos.
– Grupo privativo: Mínimo de 07 pessoas. Podem definir a data da saída, previamente acertado com a operadora e ter a viagem toda com exclusividade para os participantes inscritos.
– Grupo aberto: Mínimo de 05 participantes. O participante escolhe a data de viagem pré-definida, e a operadora se encarrega de promover a saída, inclusive com a inserção de participantes na segunda parte do roteiro, a partir de B. Vista/RR.
– Quando se tratar de um grupo aberto, no sexto dia do roteiro, inicia-se a segunda parte deste pacote, a partir de Boa Vista, onde novos participantes serão inseridos na viagem. São clientes que adquiriram somente a parte de Roraima do roteiro. A entrada deles não alteram o valor da base de participantes contratada desde Manaus, e nem na sequência do roteiro a partir de Boa Vista, independente da quantidade de pessoas.

Grau de dificuldade: esse roteiro é indicado para qualquer pessoa. Não tem grandes esforços, são caminhadas curtas. Crianças de 08 até 90 anos podem fazer. Para crianças menores de 08 anos, consulte-nos.

Qual é melhor época: a melhor época muito relativo. De maio a agosto é o período de chuvas, as cachoeiras estão mais volumosas e lindas, a natureza está exuberante e tudo respira intensamente. De setembro a março é o verão, quase não chove, o tempo está aberto e a luminosidade abre seu esplendor. Esta viagem é um encanto durante o ano todo.

Turismo Responsável, Limpo e Seguro:
– Recomenda-se o uso de máscaras em locais fechados;
– Lave as mãos frequentemente ou higienize com álcool 70%;
– Procure manter uma distância mínima de 1 metro entre as pessoas;
– Recomenda-se a limpeza e desinfecção de objetos pessoais, como o celular;
– Recomenda-se o não compartilhamento de bebidas e comidas;

Fale por Whatsapp

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.