Trekking de Luxo
Everest (Com Helicóptero) – 10 Dias – Até Janeiro de 2018

Detalhes inicio

A região do Monte Everest no leste do Nepal, conhecida como Khumbu, oferece um dos mais lindos trekkings do mundo com vistas espetaculares das mais altas montanhas do planeta, o contato com a cultura milenar dos seus habitantes, os famosos Sherpas, e monastérios seculares. Morgado Expedições, um dos maiores especialistas brasileiros em Nepal, oferece uma viagem inovativa a esta maravilhosa região oferecendo o conforto de cinco novos hotéis na trilha com quartos privativos com banheiro, duchas com água quente 24 horas, deliciosas refeições e o acompanhamento de nossa dedicada equipe. Oferecemos duas alternativas de roteiro, um com quatro dias em Katmandu e sete dias de trekking voando para Lukla, o pequeno aeroporto nas montanhas, e de lá, após o trekking, voando de volta a Katmandu. A segunda opção são quatro dias em Katmandu e cinco dias de trek e voando a Katmandu em um helicóptero fretado além de fazer um deslumbrante voo panorâmico por toda a região do Everest.

Os dois roteiros chegarão ao mesmo destino, Temboche, o maior e mais importante monastério do Khumbu onde nossos clientes terão a oportunidade de assistir a uma cerimônia budista oficiada pelos monges locais e ter uma das mais inspiradoras vistas dos Himalaias, o monastério com o Everest, Lhotse, Nuptse, Ama Dablam, Taboche, Kantega e Tramserku ao redor. Também conhecerão um pequeno e raramente visitado monastério nas encostas de uma linda montanha onde dois monges amigos nossos, os únicos habitantes do monastério, os receberão com sorrisos e pratos de batatas cozidas. A paz deste lugar com certeza será um dos pontos altos desta inesquecível viagem. Durante os dias que passarão em Katmandu visitarão os principais templos e pontos de interesse desta fascinante cidade.

Período: Até Janeiro de 2018
Saídas: Diárias nos meses de outubro, novembro, dezembro e janeiro
Valores incluem: Parte Terrestre (Consulte a Parte Aérea)

Resumo

Dia 1 – Chegada a Katmandu
Dia 2 – Em Katmandu
Dia 3 – Em Katmandu
Dia 4 – Vôo a Lukla e trek a Monjo
Dia 5 – Trek a Namche Bazaar
Dia 6 – Trek a Mende
Dia 7 – Trek a Tashinga
Dia 8 – Trek a Deboche
Dia 9 – Vôo de volta a Katmandu em helicóptero
Dia 10 – Fim do programa

Distância total percorrida: 42 quilômetros
Subida cumulativa total: 3.160 metros
Descida cumulativa total: 2.080 metros

Roteiro detalhado com helicóptero

1° Dia – Chegada a Katmandu e traslado ao Hotel Radisson (5*). Tarde livre.

2° Dia – Pela manhã, visita a dois importantes templos na periferia de Katmandu, Pashupatinath, templo dedicado ao Lord Shiva, aqui em sua manifestação como Pashupati, é o mais importante templo hindu do Nepal. Situado às margens do sagrado rio Bagmati, é o principal local de cremações no Nepal. O segundo templo que visitaremos, Boudnath, é o maior e mais ativo templo budista do Nepal e se situa no coração do bairro budista.

3° Dia – Pela manhã visita a Patan, cidade que há séculos atrás era um reino independente e hoje é praticamente parte de Katmandu. Sua praça do antigo palácio real é um lindo conjunto arquitetônico com vários templos hindus e um lindo museu que didaticamente nos ensina sobre hinduísmo e budismo.

4° Dia – Primeiro dia de trekking – Distância caminhada – 13 km, subida acumulada – 560 m, descida acumulada – 560 m
Vôo de Katmandu a Lukla (2800 metros) na região do Khumbu, de onde se inicia o trekking. O vôo, com certeza, será uma das lembranças marcantes da viagem devido à linda vista que se tem do Himalaia. As tão sonhadas montanhas estão lá, erguendo-se a alturas que não supúnhamos que fossem possíveis. Caminhada de 6 horas de duração até Monjo (2800 metros), onde se dormirá à beira do Dudh Kosi, o Rio do Leite.

5° Dia – Segundo dia de trekking – Distância caminhada – 6 km, subida acumulada – 700 m, descida acumulada – 120 m
Caminhada com 6 horas de duração até Namche Bazaar (3470 metros), maior vilarejo do Khumbu. Esse é um dia razoavelmente difícil, pois é apenas o segundo dia e a diferença de altitude é grande, mas as vistas do vale do Dudh Kosi e a primeira vista do Everest, fazem o esforço valer a pena.

6° Dia – Terceiro dia de trekking – Distância caminhada – 7,6 km, subida acumulada – 600 m, descida acumulada – 200 m
Caminhada de aproximadamente 3 horas nosso hotel em Mende (3720 metros), situado em um platô com vistas espetaculares. À tarde, se caminhará até o pequeno e raramente visitado monastério de Laudo acima de Thamo a 3870 metros, onde os únicos dois monges que habitam este monastério há mais de 20 anos os receberão com carinho. Passar algumas horas neste refúgio de paz, contemplando as montanhas nevadas ao redor e embalados pelo suave som do sino será uma das mais doces lembranças de nosso trekking.

7° Dia – Quarto dia de trekking – Distância caminhada – 9 km, subida acumulada – 700 m, descida acumulada – 1000 m
Caminhada de 6 horas a Tashinga a 3450 metros onde se situa o próximo hotel. Neste dia se terá lindas vistas do Everest, Lhotse, Nuptse a Ama Dablam, considerada por muitos a mais linda montanha do planeta! Iniciaremos nossa caminhada descendo 300 metros de volta a trilha por onde chegamos ontem e após caminharmos por 2 quilômetros por esta trilha subiremos para o pequeno aeroporto de Shyamboche de onde termos vistas deslumbrantes do Everest. De lá seguiremos para o simpático vilarejo de Kunjung e desceremos então para nosso hotel.

8° Dia – Quinto dia de trekking – Distância caminhada – 6 km, subida acumulada – 600 m, descida acumulada – 200 m
Começaremos nossa caminhada por uma descida de 200 metros até cruzarmos o Dudh Kosi. Em seguida teremos uma longa e linda subida de 600 metros até o Monastério de Temboche a 3850 metros de altitude. Este é o maior e mais importante monastério da região do Everest onde todos os dias as 15 horas os monges fazem uma linda cerimônia que poderemos assistir. Após a cerimônia caminharemos mais vinte minutos até nosso hotel.

9° Dia – Pela manhã, maravilhoso vôo panorâmico helicóptero fretado até o campo base do Everest e aos lagos de Gokyo seguindo então a Katmandu. Traslado ao Hotel Radisson e tarde livre.

10° Dia – Traslado ao aeroporto e final do programa.

Parte Terrestre com helicóptero:

Dois passageiros – US$ 5600 por pessoa em quarto duplo.

Três passageiros – US$ 5000 por pessoa em quarto duplo. Uma pessoa pagará o single supplement.

Quatro passageiros – US$ 4500,00 por pessoa em quarto duplo.

Estes valores estão sujeitos à mudanças, em função da flutuação do custo do helicóptero. Favor consultar o preço tualizado na hora da inscrição.

Obs: Os valores serão convertidos pelo Dólar turismo venda do dia do pagamento. Para consultar a taxa de câmbio, acesse http://economia.uol.com.br/cotacoes/

Single supplement: US$ 700,00 por pessoa

VALORES E DISPONIBILIDADES DOS PROGRAMAS CONTIDOS NESTE SITE DA ADVENTURE CLUB ESTÃO SUJEITOS A ALTERAÇÕES. (24)

O que Inclui:
-Acomodação no hotel citado ou similar, em quartos duplos, com café da manhã;
-Ingressos e passeios especificados com acompanhamento de guia local em inglês;
-Vôos domésticos;
-Transporte especificado no roteiro;
-Alimentação completa durante o trekking;
-Equipe de apoio com carregadores e guias locais. Cada pessoa terá direito a 15 quilos de equipamento a ser levado pelos carregadores. Uma taxa adicional será cobrada pelo excesso.

Não Inclui:
-Vôos internacionais;
-Alimentação fora do trekking;
-Bebidas engarrafadas durante o trekking;
-Vistos ou gorjetas;
-Qualquer item não citado acima.

Voos:
Para este destino temos várias opções:

Emirates
São Paulo – Dubai
Dubai – Delhi
Delhi – Katmandu (com a Jet Airways)
Katmandu – Delhi (com a Jet Airways)
Delhi – Dubai (pernoite em Dubai)
Dubai – São Paulo
A vantagem deste vôo é que tem concexão direta em Delhi o que evita que o passageiro tenha que tirar visto da Índia, ter transfers e hotel. Porém precisa de pernoite em Dubai (há hotel no aeroporto).

Outra boa opção é a Qatar Airlines que voa São Paulo – Doha – Katmandu e que no momento tem excelentes preços.

Outras empresas européias (KLM, Air France, British etc):
São Paulo – Europa
Europa – Delhi (pernoite)
Delhi – Katmandu (com a Jet Airways)
Katmandu – Delhi (com a Jet Airways)
Delhi – Europa
Europa – São Paulo

Visto:
Brasileiros podem tirar visto do Nepal na chegada e custa US$ 40 por um mês. Necessita uma foto 3×4 para o visto e uma foto 3×4 para o permit do trekking.

Seguro:
Para esta viagem é obrigatório o seguro de viagens que inclua resgate por helicóptero.

Vacinas:
Para passageiros viajando com passaporte brasileiro é obrigatório ter a vacina de Febre Amarela. Para passageiros viajando com passaporte brasileiro é obrigatório ter a vacina de Febre Amarela. Recomendamos também as vacinas de Hepatite A e Febre Tifóide. Recomendamos conversar com o seu médico sobre vacinação e fazer uma consulta a um dos serviços de Medicina dos Viajantes. Esses serviços estão disponíveis no Laboratório Fleury (+55 11 5014 7704) ou no Hospital Emílio Ribas, de segunda a sexta-feira, das 12 às 17 horas (+55 11 3896 1200).

Consulte-nos!

Você também pode gostar